sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Fomentando a Rede de Solidariedade, a AVESOL realizou no dia 14 de setembro de 2021 mais uma doação de peças de roupas para Instituições Sociais parceiras do Programa de Voluntariado. As contempladas com as doações já realizam Brechós e irão incluir as novas peças. Os projetos de Brechós ajudam na arrecadação de recursos para o funcionamento das Entidades.

Foram contempladas o Centro de Atendimento Integrado Morro da Cruz- Creche Topo Gigio e o Instituto Ascendendo Mentes.

Certos do seu compromisso em fortalecer uma rede de solidariedade, a AVESOL deseja sucesso na realização de seus brechós, acreditando sempre que, juntos, a transformação social é possível. 






 Em 2020, a AVESOL foi convidada para fazer parte deste projeto através da ONG parceira: ICYE Brasil, uma Federação Internacional de Intercâmbios, que nasceu em 1949, sem fins lucrativos, promovendo a mobilidade de jovens para diversos lugares no mundo, assim como a aprendizagem intercultural e o serviço voluntário internacional.  

Em 2019 a Joint, (https://associazionejoint.org/en/who-are-we/) uma associação italiana que também promove intercâmbios e aprendizagens culturais para jovens através de projeto da União Europeia, o Erasmus+., estendeu o convite de participação a instituições que trabalham com voluntariado no Brasil.

O Erasmus+ (https://ec.europa.eu/programmes/erasmus-plus/about_en) se trata de de um programa da UE de apoio à educação, formação, juventude e esporte em toda Europa.
O desafio deste projeto é criar uma plataforma digital que avalie as soft skills de voluntários que realizam trabalho voluntário internacionalmente e localmente. Para que assim exista um certificado mundialmente reconhecido e que sirva como uma avaliação de desenvolvimento do voluntário.
Toda parte de programação e desenvolvimento desta ferramenta é responsabilidade da Joint. Como ONG estrangeiras convidadas a participar temos o papel de testar a plataforma, dar feedbacks e replicá-la em Porto Alegre. Neste estágio no projeto, como parceiros, a  Avesol apresenta este evento para dar visibilidade ao projeto e oportunidade para quem queira fazer parte da rede.
Queremos muito contar com a tua presença neste dia, pois acreditamos que será uma experiência muito rica.
Nesta fase do projeto vamos reunir instituições que trabalham com voluntariado e tem interesse em sempre melhorar seus processos.

Cronograma do nosso evento:


 O voluntariado e as habilidades sócio-comportamentais


15h - Abertura
-Boas Vindas/ apresentação ICYE e projeto e Parceiros
-Apresentação do Projeto GLORE
-Conversa sobre Habilidades Sociocomportamentais
-Como usar a plataforma
17h - Encerramento

Contamos contigo!

Até breve e um abraço,

ICYE Brasil e Avesol

Link de acesso da reunião:
"O voluntariado e as habilidades sócio-comportamentais" ICYE Brasil
 24.Sept..2021 15:00 São Paulo

Zoom-Meeting
https://us02web.zoom.us/j/86145795390





No dia 14/09/2021, ocorreu a reunião mensal da Rede Ideia de Economia Solidária, neste dia foram debatidas questões de ampla importância para o desenvolvimento da comercialização e da identidade da Rede. Os educadores da Avesol facilitaram o debate entre integrantes que participaram do encontro. O foco principal foi fechar questões pertinentes a identidade e linhas gerais de governança que facilitará a gestão da loja virtual da Rede Ideia. O projeto de webcomercio e loja virtual que está sendo executado é financiado pelo edital da Fundação Luterana e Diaconia, que visa apoiar e fortalecer pequenos empreendimentos econômicos solidários.   

Ainda neste dia, iniciou-se a articulação para participação dos grupos na Feira Internacional de Economia Solidária de Santa Maria, considerado o maior evento de cooperativismo e associativismo alternativo da américa latina. Em 2021 a feira ocorrerá de maneira hibrida sendo parte virtual e parte presencial. Neste encontro de setembro estiveram presentes em torno de 28 integrantes dos grupos econômicos solidários pertencentes à Rede Ideia.

Seguimos na busca de um mundo mais justo e fraterno, buscando formas de fortalecer e ampliar a economia solidária e o cooperativismo.





quinta-feira, 9 de setembro de 2021

Estamos muito felizes em anunciar o início do Projeto ARTE Por Toda Parte em Porto Alegre a partir do dia 15 de setembro (quarta-feira). A primeira Oficina será desenvolvida no Centro Social Marista Irmão Antônio Bortolini, no Loteamento Santa Terezinha (Porto Alegre) com aulas teóricas e práticas de Pintura.

O Projeto Arte Por Toda Parte permite a prática de produção artística em pintura (teoria e prática), cerâmica e artes plásticas com a mandala comestível, de forma coletiva e individual como forma de expressar emoções.

A utilização da Arte como expressão dos sentimentos humanos mais profundos, pode e tem conseguido transformar e melhorar inúmeros quadros patológicos, como, por exemplo, questões hormonais, mudanças de atitudes comportamentais e melhoria da saúde mental.

As atividades artísticas das ações pretendem: desenvolver a criar práticas e conceitos que estimulem o protagonismo infanto-juvenil; promover a cultura e a aprendizagem com qualidade de vida e saúde (física e mental) e, colaborar para a transformação social e cultural do individuo através da Arte.

Visando garantir acesso à cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura - Procultura, o projeto será desenvolvido pela AVESOL, que indicará 16 Entidades e Organizações Sociais parceiras da entidade e que tem interesse em realizar a ação, visando oferecer todas as atividades para as comunidades atendidas de forma gratuita. Sendo assim, a AVESOL selecionará de forma prioritária ONGs que estejam localizadas em território de alta vulnerabilidade e que busquem atender a crianças e adolescentes de baixa renda.

O objetivo principal do Projeto é realizar 128 Oficinas de Artes Plásticas em entidades e organizações sociais parceiras da AVESOL, sendo 16 meses de produção, alcançando assim, 16 associações parceiras diferentes. As Oficinas itinerantes acontecerão e nas cidades de Viamão, Gravataí, Nova Hamburgo, Cachoeirinha, Osorio, Santa Maria e Porto Alegre. Ao final do Projeto serão atendidas aproximadamente 320 crianças de 04 a 14 anos de idade.

A idealizadora e coordenadora do Projeto Arte Por Toda Parte, Patrícia Reis está a mais de 20 anos estudando e atuando em escolas, hospitais e instituições com o ensino de Arte voltado para o desenvolvimento humano. Artista Plástica licenciada em Artes Visuais, Pós-graduada em Arte Educação e Neuropsicopedagoga, Patrícia participa de Congressos nacionais e internacionais, realiza exposições pelo Brasil como Artista Plástica, além de ser premiada com o Projeto.

O Projeto recebeu menção honrosa da UNESCO (2018) diante da relevância e impacto positivo nas comunidades, além de ter recebido destaque em reportagens e documentários realizados pelo Canal Futura e Canal Saúde com publicações em jornais, revistas e TV em Santa Catarina. No mesmo ano, o Projeto recebeu moção na Câmara de Vereadores de Ibiúna de Santa Catarina e, ainda, recebeu o prêmio de 2º Projeto mais inovador de Santa Catarina pela Fundação Oswaldo Cruz.




quinta-feira, 2 de setembro de 2021

Conforme sociólogo alemão Max Weber, "a ação social só existe quando os indivíduos estabelecem relações comunicativas com outros da sociedade, ou seja, ela ocorre através das relações sociais".

Nesse sentido, a AVESOL realizou uma ação social, doando peças de roupas a Instituições Sociais parceiras do Programa de Voluntariado da AVESOL  para o brechó solidário que as mesmas realizam.

Foram contempladas sete Instituições: Pequena Casa da Criança, AAPECAN ( Associação de Apoio a Pessoas com Câncer), AMRY ( Associação de Mães Rita Yasmin), Clube de Mães Aparecida do Partenon, Grupo Marias, Via Vida Pró doações e Transplantes e  MIM (Movimento  por uma Infância Melhor).

Sabemos das dificuldades pelas quais as organizações passam nesse momento, e o brechó é uma forma encontrada de gerar  recursos  e dar continuidade  aos   seus projetos.

Acreditamos sempre que de mãos dadas uma nova possibilidade mais justa e solidária é possível.




terça-feira, 31 de agosto de 2021

A arte de compartilhar promove uma escala de valores, humanizando nossas   vidas. Nesse sentido, ocorreu no dia 28 de agosto de 2021, o Encontro Virtual de [email protected] Voluntá[email protected] da PUCRS, referente ao segundo semestre do ano.

Participaram 60 voluntá[email protected] [email protected] no trabalho voluntário de forma online, e também para conhecer as 10 Instituições Sociais parceiras que irão recebe-los para o mesmo.

O Pró-Reitor de Extensão e Assuntos Comunitários, Irmão Marcelo Bonhemberger abriu o encontro falando da importância do Voluntariado como ferramenta de construção da cidadania e formação de profissionais mais humanos.

Agradecemos a participação de todos no encontro, acreditando sempre que é possível uma transformação social mais justa e solidária.




segunda-feira, 30 de agosto de 2021

 Entre os dias 12 e 13 de agosto, a equipe de educadores da Avesol esteve em viagem ao interior do estado. O objetivo dos encontros promovidos na cidade de Santa Maria e Santa Cruz do Sul, foi contribuir no processo organizativo das catadores e catadores destas cidades.

No dia (12) quinta-feira, a equipe esteve reunida com o Secretário de Desenvolvimento Social, João Chaves, o Secretário Adjunto de Mobilidade Urbana Rui Fabrin e a direção do Colégio Marista Santa Marta com os Ir. Diego e Ir. José.

O objetivo do encontro foi para tratar sobre a Lei que restringe a circulação de carroças no centro da cidade e buscar alternativas de trabalho os catadores de materiais reciclados que utilizam este meio de locomoção no município.

Após a reunião a equipe de educadores esteve reunida com o grupo de catadores que fazem parte da ASMAR e ARPS, na ocasião foram entregues luvas de EPI e máscaras PFF2 às quais foram adquiridas através da campanha Só a Solidariedade Não Pode Parar. 

No dia (13) sexta-feira a Avesol esteve na COOMCAT – Cooperativa de Catadores e Recicladores de Santa Cruz do Sul, onde ouvimos e conversamos sobre as questões internas do grupo e sobre a política municipal de resíduos da localidade. O grupo recebeu através da campanha “Só a Solidariedade Não Pode Parar”, luvas e máscaras de proteção individual.

Seguimos na busca pelo direito a dignidade humana e trabalho justo para todos. Seguimos ao lado das catadoras e catadores de materiais reciclados.






O dia 28 de Agosto, foi instituído no Brasil, o Dia Nacional do Voluntariado, conforme Lei  nº 7.352.

Para comemorar essa data tão importante,  o Núcleo de Voluntariado AVESOL/PUCRS realizou um encontro virtual com voluntá[email protected] e Instituições parceiras do Programa de Voluntariado da AVESOL, para comemorar e partilhar as vivências do trabalho voluntário e seus  benefícios tanto para quem recebe  mas principalmente para quem doa seu tempo, suas habilidades, em prol de uma justiça social.

A pandemia trouxe muitos desafios a prática do Voluntariado, e o principal deles foi o afastamento presencial das atividades, onde os vínculos são a ferramenta mais sólida.

Mas ao mesmo tempo todo mundo se reinventou e a tecnologia veio para ajudar e conciliar o trabalho voluntário, porque quem deseja agir como cidadão/cidadã, fazendo o bem a sua maneira encontra formas de fazê-lo.

Após as falas de Rafael Rosseto, Coordenador do Centro de Pastoral e Solidariedade da PUCRS, dando as boas vindas, o momento foi conduzido por Marcos Broc, Da Vida Consagrada e Laicato, da Rede Marista, onde compartilhou momentos de humanização e Solidariedade.

O Encontro encerrou com o  Presidente da AVESOL, Irmão Miguel  Antonio Orlandi, onde ressaltou a importância do Voluntariado em todos seus aspectos e agradecendo a [email protected] Voluntá[email protected]  por doarem seu tempo por uma causa tão nobre como o Voluntariado.

Agradecemos a [email protected]   que participaram conosco  dessa celebração! Um forte abraço e OBRIGADO!



  


           

quinta-feira, 19 de agosto de 2021

 No dia 14/07 de 2021, o Centro de Referência em Direitos Humanos-AVESOL ministrou duas oficinas, por plataforma on-line, sobre Direitos Humanos e Cidadania para jovens da Fundação Pão dos Pobres, em Porto Alegre/RS.

A oficina teve como objetivo debater questões relacionadas a efetividade dos Direitos Humanos nos tempos atuais, fomentando o pensamento crítico e o exercício da cidadania nos jovens. Iniciou-se a conversa, apresentando-se a origem histórica do conceito de Direitos Humanos e a trajetória desta ideia até os dias atuais. Houve muita curiosidade e interesse sobre os limites do poder punitivo do Estado, com questionamentos sobre violência policial e as consequências disto.

Ao falar-se dos Direitos Sociais, muitos jovens apontaram o hiato ainda existente na sociedade que não garante estes direitos de forma ampla, não-discriminatória para todas e todos.

Assim, incentivou-se o pensamento crítico sobre a eficácia dos direitos fundamentais, com base no conceito de cidadania, que nada mais é do que a expressão concreta do exercício da Democracia. Ou seja, é a qualidade do cidadão de poder exercer o conjunto de direitos e liberdades políticas, bem como socioeconômicas de seu país, estando sujeito a deveres que lhe são impostos. Relaciona-se, portanto, com a participação consciente e responsável do indivíduo na sociedade, zelando para que seus direitos não sejam violados e lutando para a implementação completa destes. 

Ao final, os jovens e educadores presentes afirmaram a importância da tomada de consciência de seus direitos, com o compromisso de multiplicar as noções vistas durante a oficina para os demais espaços que frequentam.





quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Na segunda feira 11 de agosto de 2021, a Rede Ideia, esteve reunida para participar da formação mensal promovida pela AVESOL. O objetivo deste encontro foi iniciar o processo de assessoria para construção de uma loja virtual para a Rede.

As integrantes da rede, em sua maioria mulheres, colaboraram com seu saber e trouxeram suas dúvidas a respeito do funcionamento e processos administrativos referente ao funcionamento da plataforma e a implantação de sua futura loja virtual.

Durante o encontro foi utilizada a ferramenta SWOT contribuindo para direcionar o grupo nos pontos necessários para construção de um plano de ação direcionado.  Também foi utilizado pela equipe de educadores dinâmicas para que o grupo pudesse perceber seus valores sua missão e visão enquanto rede de economia solidária.

Nossas atividades de formação e assessoria seguem de forma remota e presencial conforme as necessidades apresentadas pelos grupos que fazem parte da Rede Ideia. O encontro contou com a presença de 25 grupos.

Seguimos fomentando o desenvolvimento da economia solidária., nos colocando à disposição das lutas necessárias para garantir um mundo melhor.





segunda-feira, 16 de agosto de 2021

 A Avesol, em parceria com a Fundação São João, que fica localizada na rua General Lima e Silva, 925, Centro Histórico de Porta Alegre, distribuiu aos grupos de economia solidária da Rede Ideia, dez cestas básicas. Tais cestas foram destinadas para integrantes dos grupos produtivos, pertencentes a terceira idade, da cidade de Porto Alegre e região metropolitana.

A Avesol acredita que a parceria com outras instituições, é de suma importância para fortalecer a relação de solidariedade para com as pessoas que mais precisam neste momento. Trabalhar buscando o diálogo e a reciprocidade com outras entidades que assim como nós, buscam o bem-estar da sociedade, também faz parte de nossa missão.

Agradecemos à Fundação São João pela doação das cestas básicas, que nesse momento de pandemia e crise econômica, está salvando vidas!








sexta-feira, 13 de agosto de 2021

Nos encontrar de verdade com alguém é muito mais do que compartilhar tempo e espaço, é de fato uma arte que nos faz mais fortes e mais humanos.
No dia 11 de agosto de 2021 o Programa de Voluntariado da AVESOL realizou uma visita para firmar parceria com a APAE ( ssociação de Pais e Amigos Excepcionais) de Porto Alegre.
A APAE de Porto Alegre é um Centro de Referência na prestação de serviços em defesa do direito da pessoa com deficiência intelectual e múltipla e transtorno do espectro autista (TEA), e foi fundada em 22 agosto de 1962 com a missão de promover e articular ações de defesa e prevenção, orientações, prestação de serviços, apoio à família, melhor qualidade de vida da pessoa com deficiência e a construção de uma sociedade justa e solidária.  A Apae Porto Alegre  possui duas escolas, sendo uma no Bairro Glória e outra no Bairro Vila Nova.

Agradecemos a acolhida pela Sra. Joseane Cancino de Souza, Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas- NEP e Sr.  Adroaldo Lazzarotto,  acreditando sempre  em um mundo mais igualitário para [email protected]




quinta-feira, 12 de agosto de 2021

 No dia 07 de agosto de 2021 foi realizada na AVESOL a entrega dos certificados de conclusão do curso de "Qualificação profissional emergencial para imigrantes e refugiados - Instalações Elétricas Prediais", organizado pelo GT Educação do COMIRAT/POA (Comitê Municipal de Atenção a Migrantes, Refugiados, Apátridas e Vítimas de Tráfico de Pessoas) para os alunos que lograram completar com sucesso esta importante etapa em sua vida.

O evento contou com as falas da Supervisora Administrativa da AVESOL, Daniela Pimentel, e das pessoas membros da comissão organizadora presente, representando as organizações que tornaram possível o curso de capacitação: Centro de Referência em Direitos Humanos da AVESOL (CRDH/AVESOL), Serviço de Assessoria em Direitos Humanos (SADHIR/PUCRS), Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão sobre Migração (NEPEMIGRA/UFRGS), e Escola Técnica Parobé/UFRGS. Os alunos foram recebidos com uma mesa de lanches obtidos junto ao Assentamento do MST – Apolônio de Carvalho. 

Prestigiou o evento, o Sr. Mario Fuentes Barba, coordenador do COMIRAT/POA e Diretor da Unidade dos Povos Indígenas de Direitos Específicos da Prefeitura de Porto Alegre/RS, que parabenizou os alunos pela conclusão do curso e ressaltou a importância da obtenção do certificado. Houve, ainda, a fala dos alunos escolhidos como paraninfos das turmas, os senhores Henry Perez Lopez e Hector Lopez Lara, que emocionou a todos os presentes.

Ao concluírem o curso, os alunos agora estão qualificados para trabalhar na área de instalações elétricas prediais, com conhecimentos básicos sobre energia elétrica, materiais elétricos, iluminação e segurança do trabalho. Com habilidades para execução de instalações e manutenções elétricas prediais, poderão iniciar a sua atuação profissional como auxiliar de instalações elétricas e posteriormente, com a experiência adquirida, ser registrados como profissional eletricista. 

A AVESOL atuou como parceira na certificação do curso, possibilitando novos horizontes de atuação para a população migrante, em busca da sua autonomia.  

Ao final do evento, uma cesta com alimentos do Assentamento do MST – Apolônio de Carvalho foi entregue pelos alunos como forma de agradecimento ao Professor do Curso, Sr. Deoclécio.   






segunda-feira, 9 de agosto de 2021

 No dia 09/07 de 2021, o Centro de Referência em Direitos Humanos-AVESOL ministrou oficina, por plataforma on-line, sobre Direitos Humanos das Crianças, Adolescentes e Jovens para jovens do Colégio Marista Conceição, em Passo Fundo/RS.

A oficina abordou a temática dos Direitos Humanos das Juventudes, em específico o Estatuto da Criança e do Adolescente e teve como foco a disseminação dos direitos e garantias previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Iniciou-se a oficina com breve apanhado histórico da legislação e da situação dos direitos das crianças e adolescentes no Brasil antes da Constituição de 1988, com o paradigma da “situação irregular” e ausência de proteção as juventudes.

Com a promulgação da Constituição de 1988, sobreveio novo paradigma, considerando crianças e adolescentes sujeitos de direitos que devem receber proteção integral do Estado. Assim, houve, em 1990, a promulgação do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei n. 8.069/90), garantindo direitos desde a gestação para todas crianças. O conteúdo do ECA foi exposto aos jovens por meio de quadrinhos ilustrados da Turma da Mônica, tornando mais acessível o conhecimento dos direitos.  

Assim, debateu-se sobre direitos do adolescente trabalhador, ato infracional, “lei da palmada”, educação, direitos fundamentais, direito à convivência familiar e medidas de proteção, entre outros.

Ao final, os jovens assistiram ao filme “Vida Maria”, que mostra como a não observância dos direitos humanos de crianças e adolescentes, em especial, o direito à educação, acaba tendo um impacto transgeracional, perpetuando desigualdades e servindo como uma espécie de herança negativa sobre aquelas crianças cujos pais também não tiveram acesso a escola. Os jovens foram instigados a pensarem formas de se prevenir essas violações e comentar sobre o filme, apontando a importância de que os governos garantam educação pública de qualidade para todos, acessível, e com políticas de permanência na escola.

Ainda, muitos dos presentes não conheciam, em detalhes, alguns aspectos da legislação sobre a criança e adolescente. Por isso, ao final, indicou-se onde os jovens podem encontrar a versão on-line do ECA, para que possam aprofundar os conhecimentos adquiridos e disseminá-los em seus grupos de socialização.



segunda-feira, 2 de agosto de 2021

Ser Voluntá[email protected] é compartilhar sabedoria, conhecimento, tempo e amor. A partir do momento que compartilhamos o que temos de melhor com as pessoas, então somos Voluntá[email protected]

Com esse intuito, foi realizada uma Oficina sobre Planejamento Financeiro, “ uso consciente do meu dinheiro” para terceira idade empreendedora, pela voluntária Vitória Fraga junto a República de Idosos da Rede Calabria,

A oficina abordou o planejamento financeiro como ferramenta que auxilia na concretização de melhores cuidados com a liberdade financeira, mostrando que falar sobre dinheiro é aprender e saber tomar ações práticas sobre ganhos, equilíbrio e permite uma vida com menos preocupações nessa área.

Agradecemos a voluntária Vitória pela sua participação e cooperação ao trabalho voluntário e aso participantes da Oficina que puderam aprender um pouco mais sobre o assunto.





sexta-feira, 30 de julho de 2021

 Entre os dias 19 e 23 de julho, a equipe de educadores da Avesol distribuiu mais cestas básicas, máscaras e luvas de proteção para os grupos de Economia Solidária que fazem parte da Rede Ideia, às doações foram realizadas através da Campanha Só a Solidariedade Não Pode Parar.

Grupos do interior do estado, Porto Alegre e Região Metropolitana estão sendo contemplados pela campanha. Durante as entregas tem sido proporcionado espaços de formação humana, escuta e assessoria.

Até o momento foi possível contemplar os seguintes grupos:

 

1.         COOPERATIVA DE TRABALHO DE RECICLAGEM DE RESIDUOS SOLIDOS – ACRER

2.         Cooperativa Mista de Coleta e Reciclagem de Mat.Reaproveitaveis, Educação Ambiental de Encruzilhada do Sul, LTDA

3.         Associação de Catadores de Lixo Amigos da Natureza – Aclan

4.         Associação dos Catadores Novo Horizonte – Santana do Livramento

5.         UT Santissima Trindade – Porto Alegre

6.         UT Anitas – Porto Alegre

7.         UT Ir. Cecchin – Porto alegre

8.         UT – Rubem Berta – Porto Alegre

9.         SDV Reciclando – Porto Alegre

10.       UT ASCAT – Porto Alegre

11.       UT – Coopertinga – Porto Alegre

12.       UT Padre Cacique – Porto Alegre

13.       UT Nova Chocolatão – Porto Alegre

14.       UT Vila Pinto – Porto Alegre

15.       Clube de Reciclagem Morro da Cruz – Porto Alegre

16.       Grupo de Economia Solidária Mulheres de Fé – Gravataí

 Neste sentido, a Avesol segue acompanhando e assessorando estes grupos, buscando dar o devido encaminhamento para suas demandas e necessidades, pois sabemos a importância e o caráter do trabalho desenvolvido por estes grupos de economia solidária.






 “Quem desenvolver a arte de compartilhar uma conduta sadia, inteligente, lógica e construtiva, experimentará uma nova escala de valores em suas vidas, humanizando seu cotidiano.” ( Suzana Maria de Conto)

Nesse sentido, no dia 29 de julho de 2021 o Presidente da AVICO- BRASIL (Associação de Vítimas e Familiares da COVID 19), Gustavo Bernardes e a Vice-Presidenta, Paola Falceta, realizaram uma vista à AVESOL para concretizar a parceria junto ao Programa de Voluntariado.

A AVICO foi   fundada em 08 de abril de 2021 em Porto Alegre/RS, a partir da indignação de dois defensores dos Direitos Humanos (Gustavo e Paola) com a ineficiência e negligência do Estado diante das múltiplas consequências da pandemia de covid-19 na vida dos brasileiros. A AVICO é um coletivo da sociedade civil, formado por sobreviventes e familiares de vítimas, todos voluntá[email protected], que acreditam na potência da mobilização social e no enfrentamento gerais e individuais de seus associados (e não associados) relativos às vítimas da COVID-19 em três áreas de atuação: assessoria jurídica, apoio psicossocial e mobilização junto aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, assim como outras Instituições da Sociedade Civil.

Agradecemos a gestão da AVICO pela parceria junto ao Programa de Voluntariado da AVESOL e acreditando que juntos e somando forças, conseguiremos apoiar o desenvolvimento de ações de enfrentamento a COVID-19.  



sexta-feira, 23 de julho de 2021

O Pedal da Inclusão, organização parceira do Programa de Voluntariado da AVESOL, através do ciclismo, inclui pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida como deficientes visuais, pessoas com autismo, idosos entre outros.

A Instituição realiza grande parte de suas ações, tendo como fonte de renda  a  arrecadação e doações de tampinhas pet.

Nesse sentido no dia 23 de Julho de 2021, a AVESOL realizou mais uma entrega de tampinhas pet arrecadadas para a Instituição.

Conheça e acompanhe o trabalho do Pedal da Inclusão, acesse  https://www.facebook.com/pedaldainclusao.





quarta-feira, 21 de julho de 2021

 Visando diminuir os impactos da Pandemia e garantir a segurança alimentar dos seus assessorados, a AVESOL doou aos empreendimentos que fazem parte da Rede Ideia cerca de 200 cestas básicas nas últimas duas semanas. Foram adquiridos 1100 pares de luvas EPI e 1100 máscaras PFF2 que estão sendo repassadas as associações e cooperativas de catadores para serem utilizadas pelos trabalhadores no processo de reciclagem dos resíduos.

As entregas de doações são ainda momentos de escuta ativa e troca com as pessoas, em que a Avesol procura ouvir as demandas dos grupos, dando sempre que possível o devido encaminhamento para as mesmas.

Neste sentido queremos deixar ainda nossa mensagem de esperança, acreditando na retomada gradual das atividades cotidianas associada ao avanço da vacinação contra a covid 19. Sigamos nos cuidando, mantendo o distanciamento social, o uso de máscaras e álcool em gel, conforme recomendação das autoridades sanitárias. Os dias futuros serão construídos mais do que nunca com nossa responsabilidade coletiva.





sexta-feira, 16 de julho de 2021

 O trabalho voluntário é exercido de forma séria e necessita de comprometimento, assim como profissionais de todas as áreas e pessoas que possuam vontade de participar dessa aventura de solidariedade.

No dia 14 de julho de 2021 o Programa de Voluntariado da AVESOL realizou uma visita a AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente), para renovação do Termo de Convênio. A AACD é uma organização sem fins lucrativos e é focada em garantir assistência médico-terapêutica de excelência em Ortopedia e Reabilitação, atendendo pessoas de todas as idades, recebendo pacientes via SUS planos de saúde e particular. A Instituição se localiza no bairro Jardim Botânico em Porto Alegre.

Agradecemos a Karen de Farias, Assistente Administrativo, pelo acolhimento e acreditando que a cooperação e solidariedade são formas de transformação social.




terça-feira, 13 de julho de 2021

No dia 28/06 de 2021, o Centro de Referência em Direitos Humanos-AVESOL ministrou duas oficinas, por plataforma on-line, sobre Direitos Humanos e Cidadania para jovens da Rede Calábria, em Porto Alegre/RS.

A oficina teve como objetivo debater questões relacionadas a efetividade dos Direitos Humanos hoje em dia, fomentando o pensamento crítico e o exercício da cidadania nos jovens.

Iniciou-se a conversa, apresentando-se a origem histórica do conceito de Direitos Humanos e a trajetória desta ideia até os dias atuais. Houve muita curiosidade e interesse sobre os limites do poder punitivo do Estado. Ao falar-se dos Direitos Sociais, muitos jovens apontaram o hiato ainda existente na sociedade que não garante estes direitos de forma ampla, não-discriminatória para todas e todos.

Assim, incentivou-se o pensamento crítico sobre a eficácia dos direitos fundamentais, com base no conceito de cidadania, que nada mais é do que a expressão concreta do exercício da Democracia. Ou seja, é a qualidade do cidadão de poder exercer o conjunto de direitos e liberdades políticas, bem como socioeconômicas de seu país, estando sujeito a deveres que lhe são impostos. Relaciona-se, portanto, com a participação consciente e responsável do indivíduo na sociedade, zelando para que seus direitos não sejam violados e lutando para a implementação completa destes. 

Ao final, os jovens e educadores afirmaram a importância da tomada de consciência de seus direitos, com o compromisso de multiplicar as noções vistas durante a oficina para os demais espaços que frequentam.

 


 No dia 03/07 de 2021, o Centro de Referência em Direitos Humanos/AVESOL ministrou oficina para moradores da Vila 1º de Maio no Morro da Embratel, localizada na Estrada dos Barcelos, 2333, bairro Cascata, Porto Alegre/RS, sobre Associativismo.

O objetivo da oficina foi auxiliar os presentes a constituírem associação de moradores com o objetivo de defender os direitos dos residentes na região e promover direitos sociais fundamentais destes, seja por meio da regularização fundiária, serviços de convivência e fortalecimento de vínculos, seja com programas educativos para crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos.

De início, todos os presentes se apresentaram e referiram o histórico de associativismo na vila, que já possibilitou a instalação de posto de saúde no local. Ainda, a experiência do grupo de economia solidária assessorado pela AVESOL, Misturando Arte, cuja sede está localizada na vila, foi exposta como fundamental no auxilio a criação da associação de moradores ou para o resgate da antiga associação que hoje está desativada.

Assim, referiu-se os principais conceitos, direitos e deveres que envolvem a constituição, funcionamento e prestação de contas das associações. Apontou-se que a principal legislação aplicável é o Código Civil, artigos 53 a 61. Apontou-se que a associação é a união de pessoas para fins não econômicos e a importância do estatuto prever desde o nome da associação, seus fins, o local da sede, os requisitos para a admissão, demissão e exclusão dos associados, os direitos e deveres dos associados, as fontes de recursos para sua manutenção, o modo de constituição e de funcionamento dos órgãos deliberativos e as condições para a alteração das disposições estatutárias e para a dissolução. Ainda, foi dito que os associados devem ter iguais direitos, mas o estatuto poderá instituir categorias com vantagens especiais.

Ao depois, explicou-se a importância da realização de assembleias gerais anuais para o bom funcionamento da associação, com a devida prestação de contas, eleição da diretoria e órgãos executivos, se houver, bem como o registro destes atos em cartório. Além disso, referiu-se que, mesmo se a associação não tenha bens ou não faça movimentação de recursos financeiros, é preciso realizar a declaração anual de tributos perante os órgãos fiscais competentes, sob pena de multa e impedimentos ao CNPJ da associação.

Debateu-se sobre a sustentabilidade dos empreendimentos associativos, que envolve a plena ciência de todas as pessoas envolvidas acerca de suas responsabilidades com a associação, identificando-se os pontos fracos e fortes sobre a gestão da associação. Nesse sentido, os objetivos do grupo, os princípios básicos, as expertises das pessoas envolvidas, entre outras questões, devem ser bem esclarecidas.

Por fim, apontaram-se os quatro passos básicos para fundar a associação: (1) convocação e mobilização dos interessados; (2) realização da assembléia geral de fundação; (3) elaboração, discussão e votação do estatuto; (4) posse da diretoria; (5) por fim, registro legal das atas e do estatuto.  

Os participantes disseram que a oficina foi muito produtiva para solver as principais dúvidas sobre como reativar a antiga associação de moradores já constituída ou para que uma nova fosse criada, sempre em defesa dos moradores e interesses da comunidade da Vila Primeiro de Maio.

 








No dia 18/06 de 2021, o Centro de Referência em Direitos Humanos-AVESOL ministrou duas oficinas, por plataforma on-line, sobre Direitos Humanos e Prevenção ao Uso de Drogas para jovens do programa Jovem Aprendiz Pólo Tecnológico Marista/Turismo Ecológico, em Porto Alegre/RS.

A oficina teve como objetivo provocar o debate sobre os motivos pelos quais as pessoas usam substâncias psicoativas, bem como informar sobre os riscos à saúde inerentes ao uso de drogas, lícitas ou ilícitas. Assim, apontou-se que as drogas agem no cérebro e interferem no nosso comportamento, causando danos para nós mesmos e, em determinados casos, para a sociedade. Podem ser legalizadas (como álcool, cigarro e medicamentos) ou ilegais (como a maconha, cocaína, crack e ecstasy). Os efeitos do uso de drogas variam de acordo com as características de cada pessoa, o tipo da substância, a quantidade usada, a freqüência e o ambiente. No início, podem até serem agradáveis, relaxantes ou estimulantes, mas com o uso prolongado essas características se perdem e os usuários tornam-se dependentes da droga.

Ressaltou-se as estratégias para não entrar nas drogas, como reconhecer a existência e o direito ao prazer, destacando que é possível ter prazer sem se colocar em situações de risco, oferecer informações corretas e realistas sobre as drogas (apresentar as drogas com realmente são – substâncias capazes de induzir alterações no organismo) e evitar o discurso proibicionista/terrorista (“matam, são muito perigosas, caminho sem volta, coisa de marginal”), pois esse discurso reforça o “mito das drogas”, estigmatiza os usuários, dificulta a busca de ajuda, leva os usuários a se sentirem indignos de ajuda e, pior, irrecuperáveis.

Os jovens trouxeram suas experiências com relação ao uso de drogas e pode-se perceber que muitos estavam ansiosos em falar sobre o assunto de uma forma que não fosse estigmatizadora ou pejorativa. Com isso, expôs-se o conceito de redução de danos como uma política de saúde que se propõe a reduzir os prejuízos de natureza biológica, social e econômica do uso de drogas, pautada no respeito ao indivíduo.

Houve intensa participação dos jovens, tendo estes comentado que o tema deveria ser mais debatido na sociedade, com a ampliação do acesso a informação fidedigna sobre o assunto.





 

O trabalho voluntário é um espaço singular onde as pessoas são motivadas pela solidariedade, valor esse que orienta o seu agir e também a ética da responsabilidade e cooperação, para uma sociedade mais justa e igualitária.

Nesse sentido ocorreu no dia 08 de julho de 2021, o Encontro de Voluntá[email protected] online da PUCRS para uma partilha de seus trabalhos voluntários modalidade virtual, nas Instituições parceiras do Programa de Voluntariado da AVESOL.

Após houve a mensagem do Irmão Marcelo Bonhemberger, Pró-Reitor de Extensão e Assuntos Comunitários, agradecendo aos Voluntá[email protected] pela missão assumida e por colocar-se à disposição a uma causa em que se acredita.

Agradecemos a todos pela participação, pela partilha e acreditando que o Voluntariado é uma das formas de justiça social.      


 

quinta-feira, 8 de julho de 2021

 No dia 06 de julho de 2021 foi realizada na AVESOL a primeira aula prática do curso de "Qualificação profissional emergencial para imigrantes e refugiados - Instalações Elétricas Prediais", organizado pelo GT Educação do COMIRAT/POA (Comitê Municipal de Atenção a Migrantes, Refugiados, Apátridas e Vítimas de Tráfico de Pessoas).

As aulas foram organizadas e pensadas pelo Centro de Referência em Direitos Humanos da AVESOL (CRDH/AVESOL), o Serviço de Assessoria em Direitos Humanos (SADHIR/PUCRS), o Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão sobre Migração (NEPEMIGRA/UFRGS), e são ministradas pelo Professor voluntário Deoclécio da Escola Técnica Parobé.

O curso está sendo realizado em modalidade híbrida. Ao longo de 2020, foram ministradas as aulas teóricas em encontros virtuais. Agora, será a parte prática, que necessita de encontros presenciais. Para isto, todas as medidas de segurança contra o covid foram adotadas. 

Os alunos que concluírem com êxito o curso estarão qualificados para trabalhar na área de instalações elétricas prediais, com conhecimentos básicos sobre energia elétrica, materiais elétricos, iluminação e segurança do trabalho. Com habilidades para execução de instalações e manutenções elétricas prediais, poderão iniciar a sua atuação profissional como auxiliar de instalações elétricas e posteriormente, com a experiência adquirida, ser registrados como profissional eletricista. 

A AVESOL atua como parceira na certificação do curso, possibilitando novos horizontes de atuação para a população migrante, em busca da sua autonomia.  

Durante o curso, foram ofertados lanches obtidos junto ao Assentamento do MST – Apolônio de Carvalho e o CRDH/AVESOL forneceu material pedagógico dentro de ecobags para os alunos. Estes foram divididos em duas turmas, nas terças e nos sábados, para evitar aglomeração e o melhor entendimento do conteúdo.  






 O trabalho voluntário nos ensina a valorizar o amor, a desconstruir conceitos, não ter preconceitos e construir novos conceitos, e tudo isso nos faz ter novas referências em nossas vidas.

No dia 06 de julho de 2021 o Programa de Voluntariado da AVESOL realizou visita a ASAFOM (Associação de Apoio ao Fórum Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Porto Alegre - FMDCA), o FMDCA congrega Organizações da Sociedade Civil que desenvolvem políticas públicas voltadas para a criança e ao adolescente, para assinatura do Termo de Convênio junto ao Programa de Voluntariado da AVESOL.

Agradecemos a acolhida pela Coordenação do FMDCA, nas pessoas de Sonia Beatriz Bagatini,  representante da Instituição  SOS Casas de Acolhida, Elaine Timmen da AELCA- Presidente da Coordenação 2021-2022 e Nilene Maria Nail da AFASO, pela parceria realizada.

Acreditamos sempre que juntos a justiça social é possível.



quinta-feira, 24 de junho de 2021

 O trabalho voluntário é um conjunto de ações de interesse social e comunitário em que toda atividade desempenhada reverte-se a favor do serviço e do trabalho em si. Um trabalho contemporâneo, engajado, participante e consciente.

Nesse sentido no dia 23 de junho de 2021, a AVESOL participou de uma reunião com o novo Diretor do Hospital São Lucas da PUCRS, Sr. Leandro Batista Firme,  e  com a Coordenadora do Serviço de Pastoral de Solidariedade (SPS), Sra. Irmã Nair Frey,   para conversarmos sobre os novos caminhos do Voluntariado Hospitalar em função da COVID 19.

Novas perspectivas estão sendo pensadas e avaliadas, para que o trabalho voluntário presencial possa retornar com toda a segurança necessária.

Agradecemos ao Diretor Leandro e a Irmã Nair pela acolhida, acreditando que a cooperação e a participação alinhada à Solidariedade seja a caminhada do Voluntariado. 



segunda-feira, 21 de junho de 2021

 Habilidades e competências são tendências para novas parcerias comunitárias e sociais, para a busca de compartilhamento de forças e soluções.

Nesse sentido, foi realizada uma reunião online, devido aos cuidados da COVID19, com a participação de Mateus Elsenbak, Assistente de Pastoral da Pró-Reitoria   de Identidade Institucional- PROINN da PUCRS, Pastoral, e o Instituto Ascendendo Mentes, nova parceira do Programa de Voluntariado da AVESOL.

O Instituto Ascendendo Mentes se localiza no Bairro Glória na Rua Jonatas Borges Fortes 577, Morro da Polícia, e busca ascender talentos de jovens em vulnerabilidade, através do afeto, educação emocional e profissional em sinergia com o mercado trabalho, para uma vida sustentável, assim como colaborar com ações sociais para as famílias desses jovens.

Agradecemos a Presidenta da Instituto, Nina Rosa Cardoso, por essa parceria, sabendo que a visão é transmitir valores de cidadania e solidariedade, na busca de soluções de problemas como educação, social, cultura, entre outros.



YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

[email protected]

Seguidores