29 de novembro de 2012







21 de novembro de 2012


No ultimo dia 16/10/2012 o pessoal da Associação dos Recicladores de Charqueadas – ARC ganhou o 1° Prêmio Reciclagem Inclusiva. Este prêmio foi desenvolvido dentro do Projeto Reciclagem Inclusiva, parceria estratégica entre a Gerdau, e a GIZ (Deutsche Gessellshaft fur Internationale Zusammenarbeit), a Aliança Empreendedora e AVESOL. 


Prêmio contemplaria a associação, ou cooperativa que mais evoluísse em gestão, comercialização, produção e nas suas relações de parcerias entre as associações atendidas pelo programa na América Latina.Um dos principais objetivos deste projeto é melhorar o desempenho administrativo e produtivo de organizações de Catadores.  

O critério usado para premiar a associação foi dar um ponto para cada evolução que a organização de catadores tivesse como, por exemplo: Possui nota fiscal, possui CNPJ e etc. O tempo usado para que os grupos se organizassem com a ajuda de seus assessores foi entre o 2º semestre de 2011 e 1° semestre de 2012.

A Associação dos Recicladores de Charqueadas foi contemplada com uma viagem para qualquer associação, ou cooperativa do projeto que também é executado nos estados: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, São Paulo e Rio Grande do Sul. O grupo escolheu ir conhecer a Cooperativa Reciclar, no Paraná. 

Parabéns para a Associação dos Recicladores de Charqueadas por mais esta conquista, que continue buscando a melhoria tanto de estrutura como de qualidade de vida para os associados, comunidade e meio ambiente.










Foi realizado no dia 14/11 na CAJU (Casa Juventude Marista) em Porto Alegre, o Encontro Estadual de Redes, articulado pela AVESOL, através do Projeto Brasil Local.

O Encontro contou com a participação de Empreendimentos Solidários, Entidades de Apoio e Fomento, Movimentos Sociais e Populares, SESAMPE/DIFESOL, GUAYÍ, Catadores/as e as Redes do Estado.

Iniciamos o Encontro com Mística trazendo presente as ferramentas que são usadas no dia a dia do nosso trabalho, e no trabalho junto a Economia Solidária. Na partilha das Experiências de Redes no Estado, apontaram-se que as redes são pontos de ligações de unidade e fortalecimento ente as mesmas, o maior desafio que encontramos hoje nas redes é operacional, enriquecimento no processo de formação e capacitação, por tanto a importância de possuirmos autonomia e autogestão.

Alguns questionamentos que surgiram.

O que queremos fazer com as REDES :

#  Queremos nos organizar;

# Queremos fortalecer as que já estão articuladas e trabalhando;

# Queremos ampliar os grupos;

# Queremos mais capacitação técnica para as REDES e Empreendimentos;

# Queremos fortalecer politicamente e economicamente as REDES.

Como fazer acontecer a REDE:

1 Elaborar Projetos;
2 Realizar Intercâmbios;
3 Organizar para trabalhos em grupos.

O Encontro realizado foi para o fortalecimento, compreensão de como estão organizadas as REDES, saímos fortalecidos/as, mas com o desafio de constituir e fortalecer mais REDES em nosso Estado.



    


YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Categories

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

avesol@avesol.org.br

Seguidores