31 de maio de 2012


O dia 24 de maio de 2012 foi histórico para a Economia Solidária do município de Irati, pois foi fundado o FMESI (Fórum Municipal de Economia Solidária de Irati). 
A economia solidária já vinha sendo discutida desde 2003 a partir do FOME ZERO por meio do processo em rede junto a entidades, famílias da agroecologia e consumidores no município e região. 


Em 2010, a partir da fundamental parceria do Projeto AVESOL/BRASIL LOCAL junto a “Rede de Educação Popular” que é composta por vários grupos/empreendimentos, movimentos, entidades de vários municípios (Irati, Mallet, Fernandes Pinheiro, Guarapuava, Inácio Martins), foi planejado que voltariam suas energias para os municípios e buscariam organizar fóruns municipais para fortalecer a base, empreendimentos e o movimento de economia solidaria nestes municípios. 


Assim em Irati vem acontecendo atividades para a criação de um espaço popular de desenvolvimento de estratégias da economia solidária no município. Uma destas atividades aconteceu em 20 de outubro de 2011 em um Seminário municipal de Economia Solidária, organizado pelo Projeto BRASIL LOCAL, que reuniu em torno de 30 pessoas representadas por (8) Empreendimentos/ Grupos, (6) Entidades de Apoio e (1) Gestor Publico.


Na reunião deste dia 24 de maio estiveram presentes:
7 Empreendimentos/Grupos:
1. Clube de Mães (Rosalina Malinoski);
2. Associação ASSIS de Agroecologia (Claudete dos Reis Costa);
3. ASPANA (Elenice Ap. Santos Vini e Eliane dos Santos);
4. Associação de Agritura do Guamirim (Teofilo Chebelski);
5. Grupo de Mulheres bairro Pedreira (Vicencia Ap. Ferreira);
6. Grupo Mulheres Guerreiras (Cleunice Penteado, Ana Rita Chuproski e Silvana Angelico).
7. Associação de Artesãos de Irati (Rose Andrade).





5 Entidades de assessoria: 
1. UNICENTRO (Prof. Cesar Renato Ferreira da Costa);
2. Associação CORAJEM (Jesica dos Reis Costa);
3. RECID - CORAJEM (Luis Fernando dos Santos);
4. AVESOL/BRASIL LOCAL Desenvolvimento (Rodrigo Luís de Souza);
5. Guayi - BRASIL LOCAL FEMINISTA (Maria Sueli Ribeiro);


1 Gestor Publico:
1. SETS (Emanuely S. Bonfim).


A pauta da reunião foi:
1. Construção do Regimento Interno do FMESI.
2. Constituição da Coordenação Geral, Secretaria Executiva e Grupos de Trabalho.


O regimento interno ficou definido com 7 Capítulos e 29 Artigos que norteiam o FMESI para o desenvolvimento das ações até dezembro deste mesmo ano quando será feita uma nova plenária para consolidar o documento e confirmar oficialmente a coordenação e a equipe executiva.


Provisoriamente as Equipes ficaram assim constituídas:
Coordenação geral (um Empreendimento e uma Entidade de assessoria):
1. Clube de Mães (Rosalina Malinoski).
2. Associação CORAJEM (Jesica dos Reis Costa);


Secretaria Executiva:
1. Cesar Renato;
2. Luis Fernando;
3. Rose Andrade;
4. Cleonice Penteado;
5. Ana Rita Chuproski;
6. Silvana Angelico.


Grupo de trabalho sobre marco legal (leis de Economia Solidária):
Cesar Renato;
Taís R. Denhuke;
Rosalina Malinoski;
Claudete dos Reis Costa;
Rodrigo Souza. 


Ficou definido que o planejamento para este período terá continuidade na próxima reunião que acontecerá no dia 21 de junho as 14:30hs na sede da Associação de Artesãos de Irati.

22 de maio de 2012



Nos dias 09, 10 e 11 de maio de 2012, na casa de retiro Vila Betânia, aconteceu o seminário da região sul de avaliação dos projetos governamentais para a economia solidária, e balanço da IV Plenária de economia solidária rumo a V Plenária.

Estavam presentes, entidades de apoio e fomento, e gestores públicos de ecosol (Gravataí-RS), os projetos Brasil local Economia e Desenvolvimento Local, Brasil local Economia Feminista, CFES – Centro de Formação em Economia Solidária; Fundos Solidários, Projeto Nacional de Comercialização, Pronasci – Economia Solidária, Brasil Local Etnodesenvolvimento.

No dia 09 de maio, após a mística e apresentação por estado e por região, foi trabalhado o balanço da economia solidária em preparação a V plenária, coordenando os trabalhos Kristiany(Kris) Bender representando o Fórum Brasileiro de ecosol, os professores da rede de ITCPs Ana Mercedes Sarria Icaza e Carlos Eduardo Arns (Tche) auxiliaram nas atividades ao longo do dia. O encontro no primeiro dia teve como metodologia a construção de uma linha do tempo, para maior compreensão dos participantes da importância da preparação da V Plenária de ecosol que acontecerá no mês de dezembro do presente ano.

No dia 10, foi apresentada uma síntese das avaliações do Brasil local realizadas nos três estados do sul. Presidente da AVESOL, Irmão Miguel Orlandi, iniciou esse momento motivando e saudando aos presentes. Após os articuladores Mateus de Marco(RS) e Rodrigo Souza(PR) apresentaram a síntese de resultados da execução do projeto. Após os demais projetos da SENAES\MTE executados na região sul também apresentaram os resultados de suas ações. Finalizou se o dia com um grande debate onde foi possível identificar os principais pontos em comum e o que é especifico da realidade dos projetos em cada estado.

No dia 11, houve uma roda de conversa com a SESAMPE – Secretaria da Economia Solidária e Apoio à Micro e Pequena Empresa, presença do Departamento de Economia Solidária. Os representantes do governo de Santa Catarina e Paraná devido a outras agendas não puderam se fazer presente. O diálogo teve como principal tema “O cenário atual e as estratégias da política pública para a Economia Solidária”. A tarde, finalizando o Seminário os participantes foram divididos em dois grupos: entidades de apoio e fomento e Empreendimentos de Economia Solidária. A proposta da dinâmica era que os grupos levantassem proposições para a política pública de economia solidária.

Desses três dias de intensas atividades e reflexão referentes à Economia Popular Solidaria, uma economia multidimensional a qual envolve a dimensão social, econômica, política, ecológica e cultural tendo como perspectiva a construção de um ambiente socialmente justo e sustentável, o grupo elaborou duas cartas, uma referente ao balanço da IV Plenária e propostas para a V Plenária e outra carta sobre as avaliações dos projetos governamentais, as duas cartas de caráter propositivo, tanto para o movimento de economia solidária como para os governos que executam ou irão executar projetos e politicas para a ecosol.

Por Mateus de Marco e Carolina Carlet – Integrantes da Equipe Brasil Local Região Sul.



Cartas Encontro Regional. Faça o Download:
 



                     
                     http://www.4shared.com/office/6vRDm3yD/Carta_Encontro_Regional_-_Regi.html 




Com o objetivo de Propiciar a integração entre coordenadores de voluntários das Organizações Sociais conveniadas a AVESOL, possibilitar o aprofundamento de temas e conceitos relativos ao voluntariado, além de orientar as Organizações Sociais para a acolhida e acompanhamento dos voluntários foi realizado em 10 de maio na PUCRS o Encontro de Formação “A Ação Voluntária e a Transformação Social”.
O público-alvo do encontro foi os coordenadores de voluntários e os representantes das organizações sociais conveniadas.
O encontro contou com o apoio da Liga de Direitos Humanos que ministrou a Mesa Redonda com os seguintes temas:

Itinerantes defensores de direitos humanos



A ação voluntária e a transformação social.Felipe Kirchner (Defensor Público do Estado do Rio Grande do Sul, Presidente do Conselho Estadual de Defesa do Consumidor)
A ação voluntária e a educação para a paz. Carlos Cesar D'Elia (Procurador do Estado do Rio Grande do Sul, coordenador da Comissão de Direitos Humanos da PGE/RS)
Ser ou estar voluntário. Giancarla Brunetto (Coordenadora da Liga dos Direitos Humanos da UFRGS e do Projeto Itinerante de Direitos Humanos).

Durante as atividades contamos com o Dr. Zinho, personagem dos Doutorzinhos da Alegria, encenado pelo voluntário Maurício Bagarollo que encantou a todos distribuindo alegria e roubando sorrisos.



Estiveram presentes 25 representantes das organizações sociais:

Abrigo João Paulo II, ACM – Cruzeiro do Sul, AGAFAPE – Associação Gaúcha de Familiares de Pacientes Esquizofrênicos, Associação Comunitária do Campo da Tucá, AACD – Associação de Assistência à Criança Deficiente, ACELB – Associação de Cegos Louis Braille, Casa do Menino Jesus de Praga, CONSERVIR – Centro de Educação São Vicente de Paula, Centro Social Marista Nossa Senhora Aparecida das Águas, Centro Social Padre Pedro Leonardi, Clube de Mães Fernando Ferrari, Colégio Marista Nossa Senhora do Rosário, Colégio Marista Professora Ivone Vettorello - EJA, Creche Amparo da Imaculada Conceição, Escola de Educação Infantil Marista Tia Jussara, Escola Estadual de Ensino Fundamental Bahia, Hospital São Lucas da PUCRS, KINDER – Centro de Integração da Criança Especial, SPAAN – Sociedade Porto Alegrense de Auxílio aos Necessitados, Doutorzinhos da Alegria e Colégio Marista Assunção.









REALIZAÇÃO:                                                                                                                  APOIO:


18 de maio de 2012



O 6° Encontro do Fórum de Recicladores de Porto Alegre foi um dia para ficar marcado para aqueles que acreditam que é possível transformar a realidade.

O encontro foi realizado no dia 16 de maio na CAJU - Casa da Juventude Marista durante todo o dia, contou com pouco mais de 30 pessoas entre elas estavam o Sr. João Ruy Freire(Braskem) Léo Voigt(PMPA-Mãos Verdes) o Sr. Rogério Fleischmann do Ministério Publico do Trabalho, Denise Laitano e Nara Machado do DRS/BB, contou também com representantes do Movimento Nacional de Catadores, diversas lideranças dos galpões de Reciclagem de Porto Alegre, educadores popular e entidades de apoio CAMP e AVESOL.

O encontro se deu da seguinte forma:

* 1° Momento: Exposição aprofundada do Programa de Inclusão de VTAs e VTHs- Programa financiado 
pelo BNDES

* 2º Momento: Avaliação em grupos: críticas e propostas

* 3º Momento: Exposição dos grupos e fechamento com encaminhamentos

O objetivo do encontro foi esclarecer duvidas sobre o programa de inclusão de VTAs e VTHs e fortalecer as relações entre os grupos, pois achamos fundamental para seguir construindo uma sociedade mais justa e igualitária.

11 de maio de 2012




De 02 a 04 de maio, no colégio Marista Assunção foi realizada a Feira da Cidadania, organizada pela Associação do Voluntariado e da Solidariedade - AVESOL. A feira contou com a participação de 8 empreendimentos solidários de Artesanato e Alimentação da Rede Ideia. No encerramento, os grupos agradeceram a Direção do Colégio pela oportunidade de trocas e de comercialização, presenteando com uma cesta de produtos confeccionados pelos próprios, afirmando a importância de parcerias para a promoção da economia solidária como prática de vida e transformação social.

Nos dias 9 a 11 será realizada a feira no Colégio Marista São Pedro, antecedendo o Dia das Mães, está com 10 empreendimentos confirmados, pertencentes a periferias de Porto Alegre e grande Porto Alegre. As feiras tem por objetivo promover a economia solidária através das trocas de experiência entre os grupos, fomentando o desenvolvimento social e econômico.

Venha fazer parte desta familia - Rede Idéia - Cultivando o amanhã.
Conheça a AVESOL.

YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Categories

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

avesol@avesol.org.br

Seguidores