10 de setembro de 2019

 No dia 09/08/2019, o Centro de Referência em Direitos Humanos – AVESOL ministrou oficina sobre Direitos Humanos das Crianças, Adolescentes e Jovens para jovens do Colégio Marista Assunção, localizado na Av. Dom Bosco, 103, Glória, Porto Alegre/RS.

A oficina abordou a temática dos “Direitos Humanos das Juventudes” em especifico o Estatuto da Criança e do Adolescente e teve como foco a disseminação dos direitos e garantias previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente. Após do trabalho realizado pelo CRDH, foi feito um breve apanhado histórico da legislação que protege os direitos das crianças e adolescentes no Brasil.
Depois, os jovens foram separados em grupos. Cada grupo recebeu uma série de artigos do ECA que versavam sobre direitos do adolescente trabalhador, ato infracional, “lei da palmada”, educação, direitos fundamentais, direito à convivência familiar e medidas de proteção, entre outros.  
Optou-se por fornecer aos grupos artigos que se relacionassem com questões que podem ser próximas da juventude, como os direitos de liberdade e participação social, bem como artigos que versam sobre a prevenção a violências, como a proibição ao tratamento vexatório a criança e adolescente. Após debaterem entre si os artigos que receberam, cada grupo apresentou-os para o restante da turma. Com isso, surgiu um animado e caloroso debate sobre a efetividade da Lei, que muitas vezes não é cumprida, bem como sobre as formas de se melhorar as políticas públicas para as juventudes. 
Alguns jovens relataram casos que viam em seu cotidiano, como a dificuldade e o preconceito de raça e classe. Abordou-se também alguns artigos presentes no Estatuo da Juventude, como o que prevê a passagem gratuita para jovens viajarem pelo Brasil e a previsão de políticas de moradia para a juventude, tendo sido debatido a melhor forma de implementá-las.
Ainda, muitos dos presentes não conheciam, em detalhes, alguns aspectos da legislação sobre a criança e adolescente. Por isso, ao final, distribuiu-se tanto exemplares do ECA como do Estatuo da Juventude, para que os jovens pudessem aprofundar os conhecimentos adquiridos e disseminá-los em seus grupos de socialização.




No dia 24/07/19, o Centro de Referência em Direitos Humanos – AVESOL ministrou duas oficinas, uma pela manhã e outra a tarde, sobre “Direitos Humanos, Gênero e Sexualidade” para jovens atendidos pelo Centro Social Pe. Irineu Brandt, localizado na Rua Pedro Velho, 771, Partenon, Porto Alegre/RS.
O Direito Humano à liberdade sexual, o respeito à diversidade e a redução dos riscos inerentes a prática sexual só pode ser garantido com o acesso a informação sobre tais questões.
Com isso, a oficina tratou sobre sexualidade e questões de gênero, incentivando o debate sobre o assunto que causa muitas dúvidas nos jovens. Quando se abordou a temática da gravidez precoce, muitos jovens apontaram que isso é uma realidade presente no local, tendo muitos deles pessoas conhecidas que passaram por tal situação, ou mesmo eles são filhos de mães precoces.
Debateu-se as principais consequências de uma gravidez precoce e indesejada, como o abandono escolar, pouco cuidado com a saúde do bebe, privação de acesso a melhores oportunidades de estudo e emprego, com a perpetuação do ciclo de pobreza, entre outras questões que foram trazidas pelos jovens.
A conversa com os jovens também abordou o tema do consentimento, uma vez que quando não há consentimento em uma relação afetiva/sexual estará havendo uma violência e, muitas vezes, um estupro. Debateu-se, também o tema do gênero e da transexualidade, conscientizando-se os jovens sobre a importância do respeito à diversidade.
Houve intensa participação dos jovens, os quais puderam expressar suas angústias e dúvidas sobre os temas tratados. Para isso, cada jovem recebeu um pedaço de papel e caneta para escrever perguntas que tinham vergonha de fazer em público. Houve questionamentos sobre muitas das questões abordadas, como os riscos da gravidez na adolescência, questões sobre sexo oral, transmissão da sífilis, etc. Ao final, todos disseram ter aproveitado muito a oficina, sendo o tema presente e atual em suas vidas.






O dia 28 de agosto foi instituído no Brasil o Dia Nacional do Voluntariado, conforme Lei nº 7.352. Para comemorar esta data importante, a AVESOL realizou uma Ação Social na Associação de Mães Rita Yasmin, no bairro Restinga, parceira do Programa de Voluntariado da AVESOL.
A Ação Voluntária visa a ajudar pessoas em dificuldade, melhorar a qualidade de vida da comunidade, pois ao mobilizar energias e competências em prol de ações de interesse coletivo, o voluntariado reforça a solidariedade social e contribui para a construção de uma sociedade mais justa e solidária.
O evento contou com a participação de mais de 50 Voluntá[email protected] que doaram seu tempo e sua solidariedade em prol de quem mais necessita.
A programação foi extensa nas áreas de embelezamento, orientações jurídicas, oficinas de pequenos reparos, oficina de Abayomi , capoeira, teatro, dança, e  a participação dos palhaços Ursolinda  e Nera. Ainda foram realizadas consultas oftalmológicas e distribuição de óculos para os atendidos da AMRY pelo ônibus do Lions Club.

Celebrar este dia com tanta intensidade, só foi possível pois contamos com uma rede de parceiros de solidariedade. Agradecemos a parceria do Centro Social Marista Santa Isabel (CEMASI) do Lions Club International- LC Porto Alegre  Floresta , Instituto Embellezze , Mary Key e empresa SPM Turismo que  contribuíram  para que essa tarde fosse de alegrias e arte.

A todos os Voluntá[email protected] que participaram conosco nosso fraterno abraço, PARABÉNS e MUITO OBRIGADO!





3 de setembro de 2019

Nos dias 28, 29 e 30 de agosto 14 grupos de economia solidária que fazem parte da Rede Ideia assessorados pela AVESOL participaram de mais uma edição da Feira da Cidadania no Colégio Marista Assunção.
A Feira da Cidadania é um projeto desenvolvido pela AVESOL, que conta com a parceria da Rede Marista através dos Colégios Maristas de Porto Alegre e Viamão. A tradicional feira já consta nos calendários dos colégios, desta forma contribui para uma maior circulação da comunidade escolar durante o evento.
A feira é um espaço de promoção de justiça econômica, social e ambiental, os diversos produtos confeccionados pelos grupos, apresentam qualidade e bom gosto, são produtos artesanais em sua maioria produzidos a partir de resíduos têxteis.
A Feira da Cidadania tem sido um espaço de trocas entre os grupos e a comunidade escolar, agradecemos a toda comunidade escolar e ao Colégio Marista Assunção por mais teste evento.




YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

[email protected]

Seguidores