19 de julho de 2019


Dia 28/06/19 ministramos uma oficina sobre direitos dos idosos no CRAS em Esteio/RS com a participação de 15 pessoas. Fizemos uma apresentação da AVESOL e do CRDH. Apresentamos o objetivo da oficina e o método. Iniciamos a oficina perguntando-lhes quais os direitos dos idosos eram violados. A maioria dos casos se referia a problemas no atendimento de saúde e benefício de assistência social. Dissemos que o Estatuto do Idoso poderia ser utilizado para a defesa dos direitos negados. Distribuímos um Estatuto para cada participante e fizemos uma leitura geral de seus capítulos. Sempre que solicitado interrompíamos a leitura e comentávamos o teor da lei relacionado a realidade. A experiência de vida dos participantes trouxe muito conhecimento nessa atividade e todos/as gostaram de conhecer a lei, seus direitos e alguns benefícios que se tornaram novidade para eles/as.   




No dia 27/06/19 realizamos duas oficinas na Escola Jean Piaget, bairro Parque dos Maias, sobre direitos das crianças e adolescentes com a participação de 44 adolescentes. Assistimos o curta metragem “Jonas e Lisa” contando uma ficção sobre a vida de duas crianças que tem seus direitos não assegurados. Conversamos sobre o filme e relacionamos ao artigo 227 da Constituição Federal que diz, e lemos em voz alta todos/as juntos/as, “É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão”.
Explicamos que para aprimorar esses direitos foi escrito em 1990 o Estatuto da Criança e Adolescente – ECA e distribuímos um exemplar para cada participante para pudessem ter contato com a lei. Folheamos juntos/as o Estatuto e fizemos uma leitura dos títulos dos capítulos para que conhecessem o conteúdo geral.

Encerramos a oficina ressaltando a importância de defendermos os direitos das crianças e adolescentes denunciando situações de violência, procurando o conselho tutelar ou a escola e multiplicando o conhecimento da oficina para seus amigos e conhecidos.   



Dia 26/06/19 ministramos quatro oficinas na Escola Onofre Pires, bairro Lomba do Pinheiro, sobre “Direitos Humanos das Minorias” com a participação de 127 adolescentes. O objetivo da oficina foi sensibilizá-los a ter empatia com grupos de pessoas que sofrem discriminação por sua etnia, cor, gênero e/ou orientação afetiva.
Assistimos o vídeo, que introduziu o tema, “Quais são os direitos das minorias? ”, de Gilberto Rodrigues. A partir do audiovisual fizemos uma roda de conversa e ouvimos os participantes, sempre fazendo perguntas geradoras de debate. As turmas nos apontaram os grupos que são considerados minorias no Brasil e o porquê desse tratamento desigual. Apresentamos dados de pesquisas que justificam essa leitura da realidade. Para termos uma aproximação com um dos grupos, exibimos o vídeo “Não fique calado diante da homofobia” produzido pela Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio de Janeiro.
Ao final da atividade trabalhamos diversas alternativas para lidar com as discriminações que realizamos, mesmo inconscientemente, através de sugestões de comportamento seguindo orientação de cultura de paz.    




18 de julho de 2019


Dia 13/06/19 realizou-se uma oficina sobre Direitos Humanos e Cidadania na AAPECAN - Associação de Apoio a Pessoas com Câncer de Porto Alegre para 30 participantes beneficiários e parentes dos projetos da instituição. Após uma apresentação de todos/as presentes e do objetivo da atividade, iniciou-se a oficina definindo o conceito de direitos humanos e expondo a declaração universal de 1948. Recebemos muitas contribuições dos experientes participantes e houve uma grande roda de conversa.
Em um segundo momento desenvolvemos a noção de direitos humanos como parte da constituição “cidadã” brasileira e foram expostos alguns artigos da Constituição Federal de 88. Debatemos exaustivamente os artigos e alguns participantes fizerem intervenções na defesa das políticas públicas e participação na sociedade para conquista de direitos. Discutimos sobre as políticas públicas implementadas e as retiradas pelos poderes executivo, legislativo e judiciário. Encerramos a oficina fazendo sínteses do que foi exposto e debatido.



YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Categories

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

[email protected]

Seguidores