quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

 Na última terça feira, dia 18 de Janeiro,o educador Marcelo, esteve junto aos intercambistas Max e Simon, desenvolvendo assessoria ao empreendimento Mãos Amigas, estavam presentes 4 integrantes do grupo. Gládis, a coordenadora, explicou as mudanças feitas no empreendimento visando facilitar as tramitações cotidianas do grupo.

Posteriormente, o educador Marcelo deu início a sua oficina, explicou que aquele era um espaço para o grupo articular suas demandas e fortalecer se coletivamente. Após o educador pediu para o grupo circular a mesa e iniciou a atividade propriamente dita, que consistiu em trabalhar a identidade coletiva do grupo. No papel eram descritos e expostos traços da identidade de cada integrante, conforme o educador ia perguntando cada um destes traços para as pessoas que compunham a oficina, como: aspectos positivos e negativos da personalidade, local onde nasceu, origem étnica, se participa de algum movimento social etc.

 A finalização da atividade ocorreu com uma fala sobre a importância de valorizar as trajetórias individuais dentro de um empreendimento solidário, histórias de vida e personalidades, pois isto, é também uma forma de fortalecer a cooperação no grupo e contrapor a lógica econômica dominante.




 Os intercambistas Max(Áustria) e Simon(República Tcheca), passaram pela experiência de conhecer dois locais na cidade de Porto Alegre que contribuem no processo de reciclagem na cidade. Eles visitaram a Cooperativa Coadesc e a Associação Irmão Cecchin ambas localizadas na zona norte entre a região dos bairros Humaitá e Vila Farrapos.

Ao dialogarem com as coordenações das reciclagens, Max e Simon, compreenderam como se dá a relação entre as pessoas dentro da unidade, a parceria com o município de Porto Alegre para o recebimento de resíduos e a logística da coleta até a chegada do material reciclável para os catadores associados. Foi explanado ainda sobre as dificuldades e limitações vividas por estes profissionais, limitações técnicas, falta de valorização e queda nos resíduos dependendo da época do ano.

Valorizar o papel dos catadores, defender e dar visibilidade a estes trabalhadores e trabalhadoras, conscientizando a sociedade é função que a AVESOL procura desenvolver de maneira ampla e concisa. Agradecemos também a nosso parceiro de caminhada, Leonel Carvalho, pela disponibilidade em estar neste momento conosco.




quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

O Projeto Arte Por Toda Parte, realizado pela AVESOL, permite a prática de produção artística em Pintura (teoria e prática), Cerâmica e Artes Plásticas com a Mandala Comestível, de forma coletiva e individual.

O objetivo da AVESOL, juntamente com o Projeto, é levar cultura, saúde e educação para as criança e adolescentes.

A missão do Projeto é auxiliar todos os participantes a entender a capacidade que possuem para mudar a própria história de vida.

ARTE POR TODA PARTE foi idealizado pela artista plástica Patrícia Muniz. Patrícia, coordena o Projeto e está à frente de todas as ações em parceria com a AVESOL.O Projeto tem financiamento do Pró Cultura do Rio Grande do Sul e patrocínio da INKOR.

 


 

Sobre Centro Social Marista Ir. Bortolini

Por Nayanna Romero

 

O Centro Social Marista Ir. Antônio Bortolini atende aproximadamente 120 crianças e adolescentes entre 6 e 15 anos. Para estimular o desenvolvimento das relações afetivas e sociais são oferecidas oficinas didático-pedagógicas e atividades lúdicas.

Os Projetos e ações são desenvolvidos por meio de um olhar atento às juventudes da comunidade, bem como suas demandas e inconsistências, pontuando cada vez mais os jovens como protagonistas. Desta forma, o Centro Social cria oportunidades, leva luz e esperança na expectativa de transformar a realidade.

A atuação busca dar respostas à realidade local, oferecendo possibilidades humanizadoras e propostas pedagógicas enraizadas na arte-educação. A convicção de Champagnat incorpora-se ao dia dia: “...para bem educar as crianças é preciso, antes de tudo, amá-las, e amá-las todas igualmente”.

Nesses mais de 10 anos de implementação foi transformando a realidade social, especialmente das crianças e adolescentes. O sistema protetivo se fortaleceu e assim pode ser reconhecido atualmente.

Enfim, para bem cumprir com os objetivos de fortalecimento de vínculos entre a família, a escola e a comunidade, o Centro Social disponibilizou para o Projeto ARTE POR TODA PARTE, realizado pela AVESOL, de toda infraestrutura adequada.




quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

 Na última segunda feira, ocorreu o primeiro encontro de 2022 da Rede Ideia – Cultivando o Amanhã, neste dia foram debatidos diversos assuntos de interesse dos integrantes da Rede. A tarde foi iniciada com uma reflexão acerca da ideia de esperança, a qual havia sido iniciada no encontro anterior. O debate foi iniciado com vídeo do sociólogo Douglas Porto que falou sobre sua concepção de esperança e movimentos sociais, a qual pesquisa em sua tese de doutorado, posteriormente o educador Marcelo finalizou a discussão e repassou a palavra para a coordenadora Daniela.

Inicialmente Daniela, apresentou aos grupos a responsável pela parceria com o  Hospital Moinhos de Ventos e AVESOL. A possibilidade de os grupos econômicos solidários fazerem mais propostas de produtos para o hospital e o desenvolvimento de Feiras da Cidadania no local ao longo dos próximos meses foram as principais pautas. Já Ângela Comunal, assessora da vereadora de POA Bruna Rodrigues, falou sobre a emenda impositiva que beneficiará a Rede Ideia com dez mil reais a ser aplicado na sua Loja Virtual. Posteriormente a coordenadora Daniela, repassou outros informes aos coletivos, como: importância de marcar as assessorias especificas para os grupos; Fórum Social Temático; Grupo Bem Viver que contribuí na melhora psíquica das integrantes da Rede e será retomado no próximo mês e formações da Rede.

Os intercambistas Max e Simon deram continuidade à tarde, fazendo a atividade voltada para planejamento de vida ao longo do ano de 2022, abrindo este momento com meditação coletiva do grupo e posteriormente orientando as/os participantes a escreverem seus planos e os colocarem em um envelope, que deve ser aberto no final do ano para rever aquelas ideias que foram concretizadas e quais não foram concretizadas.

O encontro foi finalizado com doações de cestas de natal aos empreendimentos e o Bazar Solidário, no qual os grupos puderam comprar roupas, eletroeletrônicos e brinquedos com preços acessíveis. O ano apenas iniciou, serão tempos de muito trabalho e luta. Seguimos organizados e firmes para os desafios que se apresentarem!!





YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

[email protected]

Seguidores