23 de dezembro de 2016

Ontem, Dom Leomar celebrou a Missa de Natal no Galpão de Reciclagem Santa Teresinha, celebrando o dom da vida com aqueles que fazem do seu trabalho um mundo mais vivo e humano.
Assim como a vida de Cristo, os catadores demonstram na prática o espírito de cooperação, criam seus símbolos, fazem sua partilha, são desafiados todos os dias a superar obstáculos e nos dão o exemplo de como devemos nos aproximar de Cristo: pelo amor ao próximo e com respeito ao lugar onde vivemos.
Que o símbolo da vida do Natal nos contagie e nos convide a nos desacomodar, a superar desafios e construir uma sociedade mais justa e solidária.

Somos todos catadores. 



Economia Solidária e Sustentabilidade dois conceitos que andam lado a lado. No dia 20 de dezembro, AVESOL e Instituto Renner deram início ao mais novo projeto “Gerando Economia Solidária com Upcycling”, uma estratégia de desenvolvimento econômico solidário com foco na sustentabilidade. O projeto conta com a consultoria técnica da Agustina Comas fundadora da marca COMAS, voltada à produção de peças femininas que usam como matéria-prima camisas masculinas, sobras da indústria têxtil e de confecção. 
Muitas são as etapas que constitui a cadeia têxtil, do plantio ao produto final, além de um processo altamente agressivo em sua fase inicial, a interface química de tratamento a fibra segue de forma agressiva ao meio ambiente. Após o processo milhares de toneladas ao ano irão ganhar o mesmo destino, os lixões contaminando solo, lençóis freáticos e produzindo gases nocivos à saúde.

O objetivo do projeto é possibilitar a capacitação de mulheres, integrantes de 03 empreendimentos econômicos solidários da Rede Ideia, em upcypling, qualificando a produção e gerando renda a partir da confecção de roupas com material proveniente da reutilização.








21 de dezembro de 2016

"Após um período de 4 meses como voluntário no Hospital São Lucas da PUCRS, através da Associação do Voluntariado e da Solidariedade – AVESOL, surgiu-me a possibilidade de estender minha prática voluntária para além do território brasileiro, em solo alemão. A AVESOL, juntamente com a ICYE Brasil (International Cultural Youth Exchange), tornará possível um sonho de longa data, conhecer a terra de onde partiram meus ancestrais. No período de 10 meses, que iniciará no dia 26 de janeiro de 2017 e findará no dia 25 de novembro do mesmo ano, estarei dedicando-me inteiramente, como voluntario, na organização de um evento, World Reformation Exhibition (Exibição Mundial da Reforma), dentre muitos, que celebrará e comemorará os 500 anos da Reforma Protestante em Wittenberg, Alemanha. Nesse período, durante o inverno, que contempla os primeiros meses da minha ida, estarei engajado no planejamento e preparação da World Reformation Exhibition, e durante o verão, entre os meses de maio e setembro, na execução do que foi planejado durante o inverno, ou seja, o auge do trabalho voluntário que lá realizarei. As expectativas para essa experiência única em minha vida são muitas, pois não somente aprenderei o alemão e aperfeiçoarei o meu inglês, mas principalmente ampliarei meus horizontes de vida ao entrar em contato com outra cultura, em especial no evento internacional que trabalharei. Por isso, sou eternamente grato pela AVESOL e pela ICYE Brasil que tornaram esse sonho possível".


Daniel Felipe Jacobi 
    

13 de dezembro de 2016

No dia 09/12/2016, na Casa da Juventude Marista, mais de 118 pessoas representantes dos Empreendimentos Econômicos Solidários que compõem a Rede Ideia - Cultivando o Amanhã proporcionaram um grande debate indicando iniciativas necessárias para consolidação da política pública de fomento à Economia Solidária no país. O encontro contou com a presença da Deputada Federal Maria do Rosário, relatora do PL 4685, Lei da Economia Solidária, com Deputado Estadual Zé Nunes, que coordena a Frente Parlamentar Mista de Economia Solidária no Estado, e a Vereadora Sofia Cavedon.
A Rede Ideia - Cultivando o Amanhã é um organismo vivo composto por Empreendimentos Econômicos Solidários que desenvolvem seu trabalho de forma cooperada, tendo como base a democracia participativa. Ao longo dos anos, a AVESOL, por meio do Programa Comunidade Produtiva, tem contribuído para o fortalecimento e o desenvolvimento sustentável dos EES integrantes da Rede Ideia, através de sua assessoria.
A centralidade do debate teve como plano de fundo a defesa de direitos da economia solidária, a necessidade da aprovação da PL 4685/12 para criação de um sistema nacional, prevendo o fundo de incentivo para fomento às atividades de formação e trabalho cooperado. Mesmo com a aprovação do projeto de lei que avança no combate ao grande capital monopolista, os riscos são muitos.
A certeza de que a mudança é necessária tem sido o elemento unificador entre os diferentes movimentos sociais que clamam por justiça econômica social e igualdade de gênero. A Economia Solidária é parte deste processo de resistência pois leva em sua essência o contraponto ao capitalista. A economia solidária é complexa porem prevê uma justa distribuição da riqueza gerada pelo trabalho.
Em vista a necessidade da aprovação do projeto de Lei e a fragilidade institucional do período, onde as vozes que ressoam nas ruas por direitos sociais não encontram coro no parlamento, a Rede Ideia soma-se à luta em defesa de direitos. Não compactuamos com a tese de que o solo esta infértil pois temos a certeza de que estamos plantando nossa semente e nosso sangue e suor da labuta ira regar um novo amanhã.
Temos a responsabilidade com a economia solidária de unificar bandeiras de luta, seja ela por uma educação libertadora que não condicione aos interesses do mercado, seja avançar no campo social com bandeiras democráticas sem restrição dos direitos civis,  dos campos sociais que compõem o conjunto das forças políticas de nosso pais, e a disputa do mercado interno uma reorganização da produção a serviço do bem viver respeitando a vida e os limites das forças produtivas sem ter como base de acumulação a extração da força de trabalho e sem agredir o meio ambiente. O projeto de Lei da Economia Solidária é um passo fundamental para aprofundarmos a disputa do estado, nos da Rede Ideia seguiremos lutando em defesa da Economia Solidária.
Queremos agradecer a tod@s que participaram durante o ano de 2016 e caminharam ao nosso lado acreditando em uma nova sociedade. Agradecemos a Deputada Federal Maria do Rosário, ao Deputado Federal Marcon, ao Deputado Estadual Zé Nunes e a Vereadora Sofia Cavedon ambos tem demonstrado sua combatividade e defendido a Economia Solidária.
A Rede conecta-se a milhares de pontos que cria uma onda que não defende partido ou políticos, mas reconhece as frentes amplas de defesa aos direitos sociais.

Lutar sem Temer.








Nos dias 07 e 08/12, a Rede Ideia - Cultivando o Amanhã realizou seu terceiro encontro da Rede de Catadores do ano na Casa da Juventude Marista. O encontro contou com 68 catadores de 37 cooperativas, somando 22 cidades do estado do Rio Grande do Sul. Tivemos a presença do NESIC – Núcleo Economia Solidária e Incubação de Cooperativas representadas pela senhora Cláudia Patricia e Vanessa Monsk, que contribuíram com o debate durante os dois dias de formação.
O encontro avaliou e construí as ações de assessoria, articulação e mobilização da Rede Ideia / Rede de Catadores. Os trabalhos realizados em grupos trouxeram uma fala única entre os participantes, a necessidade de fortalecer as associações e cooperativas de catadores em rede, de seguir com formações que traga os aspectos jurídicos de defesa de direitos. 
A maturidade das unidades de catadores reflete na qualidade das formações da rede, suas reivindicações pela inclusão social, fim dos lixões, reconhecimento e valorização da categoria e defesa do meio ambiente estavam presentes em todas apresentações.
Nossos desafios são muitos, pois não depende apenas da organização e do esforço sobre humano dos catadores e catadoras de materiais reciclados no país. Existe um arcabouço jurídico que prevê a inclusão sócio produtiva da categoria e que segue sendo deixado de lado por gestores públicos. A disputa pela reciclagem popular segue sendo nossa bandeira assim como a defesa de direitos e a democracia em nosso país. Estamos prestes a um momento de escuridão total, o senado acabou de aprovar o congelamento nos investimentos sociais, é preciso darmos as mãos e seguir em frente lutando. Esse foi o espirito que conduziu o encontro da Rede de Catadores.
No, da equipe AVESOL, queremos agradecer a todos os catadores e catadores que constroem as lutas necessárias em defesa da vida, ao MNCR que tem sido instrumento fundamental para organização dos catadores no país.


2017 será de grandes lutas. Saudações a tod@s!




12 de dezembro de 2016

A parceria entre AVESOL e PUCRS foi novamente firmada por meio da renovação do Termo de Convênio assinado entre as partes. O Voluntariado é uma importante ferramenta de transformação humana e social, em que o tempo e os talentos são colocados em serviço da solidariedade e cidadania. O Centro de Pastoral e Solidariedade da PUCRS, acolhe o Núcleo de Voluntariado AVESOL / PUCRS, uma iniciativa que fomenta e promove o voluntariado universitário, envolvendo funcionários, professores, universitários e diplomados em prol do voluntariado nas organizações sociais e comunitárias parceiras, localizadas nas diferentes regiões periféricas de Porto Alegre e Região Metropolitana.
No dia 24 de novembro de 2016, o presidente da AVESOL, Ir. André Luis Dall’Agnol, e o Reitor da PUCRS, Ir. Evilásio Teixeira, assinaram o termo aditivo ao convênio, celebrando uma parceria de sucesso, visando o Voluntariado como essencial na universidade. Ir. Evilásio lembrou que o convênio surge com a intenção que todos os universitários tivessem a oportunidade de uma experiência voluntária, para além do campo profissional, evoluir no campo da humanização.
O convênio tem duração de 6 anos, a encara desafios como qualificar e potencializar a articulação dentro da universidade, colocando em prática o verdadeiro carisma marista.




A ONG Doutorzinhos, parceira do Programa de Voluntariado da AVESOL,  realizou mês de dezembro, com pais  e alunos do Colégio Marista São Pedro, a Oficina Pais e Filhos. Foram abordados tópicos como desinibição, a importância da brincadeira, jogos tradicionais, criação de personagens e a arte do palhaço. 
Foram momentos de muita imaginação e gargalhadas, onde os pais puderam lembrar das brincadeiras de criança, e compartilhar com as crianças a excitação de que a brincadeira nunca acabe, cruzando seus  medos, e  também criando mais confiança e espontaneidade  nas relações .
Riram, saltaram, pularam, abraçaram, onde todos deram seu tempo para experimentar e brincar, tornando os vínculos com os seus mais próximos   e fazendo uma viagem maravilhosa as suas lembranças e sentimentos.

Cada um dos  participantes, adultos e crianças apenas mostraram o que tinham, nada mais, transformando  a energia algo  fantástico e solidário com todos.






A Pequena Casa da Criança, parceira do Programa de Voluntariado da AVESOL, realizou no dia 07/12/2016,  a comemoração do Dia Internacional do Voluntário  com apresentações das crianças atendidas em agradecimento aos voluntári@s  e parceiros  que juntos  fazem uma rede de solidariedade e cidadania.
Após foi realizada uma confraternização entre todos, trocando experiências e partilhando também muita emoção.

A pessoa voluntária aprende com o outro,
Com nova experiências, novas visões de mundo. Ela começa,
então, a compreender que existem outras problemáticas que não fazem exatamente parte

do seu meio social mais imediato, mas nem por isso deixam de existir!  


YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Categories

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

avesol@avesol.org.br

Seguidores