20 de fevereiro de 2020


No dia 19 de fevereiro de 2020, o Programa de Voluntariado da AVESOL realizou uma visita para firmar a parceria e assinatura do Termo de Convênio na AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente), localizada no bairro Jardim do Salso, Porto Alegre - RS. A AACD está entre os melhores Hospitais de Ortopedia e é referência em qualidade no tratamento de pessoas com deficiência física do país.
O trabalho Voluntário faz a diferença na Instituição, pois é por meio de ações eficazes que os Voluntá[email protected] se envolvem de corpo e alma em prol dos pacientes, colaboradores e toda Comunidade AACD.
Agradecemos a acolhida pela Lisiane Dutra, Assistente Administrativo e acreditando sempre que o Voluntariado é movido por participação e Solidariedade para uma transformação social. 



13 de fevereiro de 2020


As ações planejadas com os grupos de economia solidária no início de 2019 possibilitou grandes realizações durante o ano. Com base nestas ações foi possível:
* Realizar 210 assessorias para 89 grupos de economia solidária.
* Iniciar o Fundo Rotativo Solidário.
* Retomar o processo de compras coletivas. 
* Aumentar a rede de parceiros que apostam nas iniciativas da Rede Ideia.
* Aumentar o número de participantes nas formações por plataformas digitais.
* Gerar conteúdo relacionado à Economia Solidária e Desenvolvimento Sustentável.
Nos dias 13 de janeiro e 10 de fevereiro de 2020, estiveram reunidos os representantes dos grupos de Economia Solidária que fazem parte da Rede Ideia. Os dois encontros debateram os desafios para economia solidária dentro do cenário político de 2020 e assumiram o compromisso em promover ações voltadas ao desenvolvimento humano. 
Sabemos dos desafios de colocar em pratica ações que contribua para emancipação econômica e social, para isso temos como estratégia ações colaborativas entre os grupos de economia solidária que fazem parte da Rede Ideia.
Convidamos a todas e todos que defendem e acreditam em práticas econômicas que respeitem o meio ambiente e as pessoas a se somar neste Rede de Solidariedade.




Participamos do Fórum Social das Resistências dias 23 e 24 de janeiro em três atividades com os temas: 1) direitos dos povos, territórios e movimentos sociais, 2) convergência migrações contra o racismo e xenofobia e 3) assembleia dos povos.
Na primeira mesa foram abordadas, nas falas dos/as palestrantes e as intervenções dos/as participantes, a necessidade de luta pela democracia no contexto brasileiro, a luta comum entre os povos por melhores condições de vida, uma mudança nos paradigmas econômicos para substituir a concorrência pela solidariedade mundial, o Fórum Social, simultâneo ao Fórum Econômico de Davos, deveriam ter interesses na busca da justiça social e não apenas nos lucros. É um absurdo que os exportadores não paguem impostos e todo custo social recaia aos assalariados. Tratar a política como um fenômeno humano para o bem comum e não o velho “toma lá, dá cá”. É preciso exercer a cidadania pelo voto e eleger pessoas para nos representar, mas não eleger para que a classe política nos substitua como povo. 
O debate sobre as migrações é de extrema importância para os direitos humanos e estivemos presentes na convergência que fez uma conjuntura internacional e teve a fala do Fórum Permanente de Mobilidade Humana, espaço que construirmos coletivamente. A experiência das mulheres do Curdistão foi muito impactante, disseram que a luta das mulheres engloba toda luta por liberdade de outras minorias e acaba por ser o ponto central de unidade.
A assembleia dos povos teve uma metodologia de apresentação das sínteses das atividades que compunham toda programação do Fórum Social e foi um espaço de celebração dos trabalhos realizados. Na mesa sobre igualdade e direitos humanos foi colocada a centralidade na disputa da narrativa na sociedade, o acesso à justiça, denúncia e incidência internacional das violações de direitos e a necessidade de coletarmos e produzirmos um banco dados sobre os crimes as minorias.        



Realizamos, no dia 31/01/20, uma oficina sobre os Direitos da Juventude na Ensino Social Profissionalizante – Espro para 12 pessoas. Iniciamos exibindo um áudio visual sobre o Estatuto da Juventude. Contextualizamos o Estatuto considerando a Constituição Federal e o Estatuto da Criança e Adolescente. Apresentamos os objetivos, a importância do Estatuto da Juventude e alguns dados populacionais e sociais necessários para a análise coletiva. 
Fizemos a leitura de alguns artigos de interesse geral e comentamos brevemente os onze direitos da juventude expressos nesse documento. Em formato de roda de conversa fomos dialogando sobre as dúvidas e experiências vividas pelos jovens. Conhecidos os direitos passamos para um momento de saber as políticas públicas vigentes. Pesquisamos os sites do governo federal, estadual e municipal e reunimos informações sobre os programas existentes e o funcionamento para acesso as políticas. Explicamos os requisitos e forma de solicitação da ID jovem, no âmbito estadual falamos sobre as ações do programa oportunidades e direitos que viabiliza os Centros de Juventude na região metropolitana e o Projovem como uma ação municipal de êxito. 
Concluímos a atividade entregando nossos folders de divulgação do CRDH e nos colocando à disposição dos jovens para acolhe-los e orienta-los em qualquer situação de dúvida ou necessidade de planejamento em sua vida.    



11 de fevereiro de 2020

O Programa de Voluntariado da AVESOL realizou visita na Creche Amparo da Imaculada Conceição em 07/02/2020, para firmar o Termo de Convênio para mais um ano de parceria.
A Creche fica localizada na Av. Ipiranga nº 585, bairro Menino Deus, em Porto Alegre, e atende 150 crianças de 1 a 6 anos de idade. Desenvolve suas atividades dentro dos princípios deixados pelo seu Fundador Edmundo Boianowski contribuindo para o bem-estar das crianças, familiares e busca a colaboração de pessoas da comunidade e de Voluntá[email protected]
Agradecemos a acolhida pela Irmão Cláudia, pois juntos a transformação social é possível.


7 de fevereiro de 2020


No dia 06 de fevereiro comemoramos o Dia do Agente de Defesa Ambiental. O Programa Comunidade Produtiva ministrou uma oficina na ESPRO sobre os desafios de uma Cidade Sustentável e como podemos construir uma consciência coletiva que avance para a cultura do consumo consciente.
Durante três horas, mais de trinta e cinco jovens debateram suas preocupações com o futuro!
Vivemos uma crise ambiental de proporções planetária sem precedente, a forma como este sistema organiza sua produção devastadora é criminosa. Pouco mais de um ano, o Brasil vive o luto do crime de engenharia cometido pela Vale em Brumadinho, com 259 mostos, e 11 desaparecidos. Sucessivos crimes ambientais têm ocorrido por todo país, ainda corremos riscos de muitas outras barragens romperem provocando o vazamento de rejeitos de minério e outros componentes químicos nocivos a vida.
Para falar sobre consumo consciente é preciso debater a forma de produção! Neste sentido provocamos os jovens a debater a valorização da vida através das relações de trabalho!
Temos como norte o desafio de construir novas cidades baseadas em uma produção sustentável que não agrida a vida do planeta!
Quando a ganancia fala mais alto o problema se torna mais grave. Seguiremos lutando em defesa da vida!
Agradecemos a toda equipe da ESPRO e aos jovens que participaram!




6 de fevereiro de 2020


Ontem, 05 de fevereiro de 2020, estiveram reunidos na sede da AVESOL a comissão responsável de avaliar os projetos do Fundo Rotativo Solidário (FRS) da REDE IDEIA, o objetivo da reunião foi apreciar uma solicitação de empréstimo solidário de um dos grupos que fazem parte da Rede. Os grupos Misturando Arte, Arte é Vida, Mania de Artesanato, Só Artes e o Grupo Arte Popular foram escolhidos em assembleia para compor a Comissão do Fundo Rotativo Solidário
O Fundo Rotativo Solidário foi uma iniciativa da AVESOL junto com os grupos de Economia Solidária que fazem parte da Rede Ideia, uma rede de empreendimentos econômicos solidários.
O FRS tem por objetivo promover o desenvolvimento local a partir do fortalecimento dos grupos de economia solidária.
Como funciona: Para solicitar um empréstimo solidário o grupo de economia solidária precisa ter:
presença nas reuniões de formação da Rede Ideia, no mínimo uma reunião por mês; democracia interna; práticas solidárias em suas ações; produtos que respeitem o meio ambiente”.
Cumprindo estes requisitos, o grupo precisa preencher um requerimento explicando o motivo do empréstimo solidário e como pretende fazer o pagamento, dessa forma outros grupos no futuro poderão utilizar o recurso.
A AVESOL aposta em ações colaborativas de forma criativa que promova justiça social, economia e ambiental.





No dia 28 de janeiro ministramos uma oficina sobre Direitos das Crianças e Adolescentes para um grupo de estagiária/os em nutrição que assessoram escolas públicas e instituições assistenciais através do Banco de Alimentos da Fundação Gaúcha de Bancos Sociais do RS. Iniciamos com uma apresentação dos participantes e suas motivações em trabalhar com esse público específico. Explicamos o objetivo da oficina e a programação.
Introduzimos a atividade exibindo um filme curta metragem sobre a negligência dos responsáveis das crianças e adolescentes para contextualizar e, a partir dele, conceituar a desigualdade social e a vulnerabilidade da infância como principais fatores críticos ao atendimento dos direitos desse público. Ao final do vídeo conversamos sobre os casos que elas encontram e a necessidade de ampliar o conhecimento da sociedade em relação ao Estatuto da Criança e Adolescente e os atuais desafios da proteção integral para esse público. Apresentamos os dados da UNICEF (https://www.unicef.org/brazil/situacao-das-criancas-e-dos-adolescentes-no-brasil), debatemos sistematizamos as principais demandas na efetivação dos direitos das crianças e adolescentes no Brasil através desse artigo.  
Concluímos a oficina entregando o Estatuto da Criança e Adolescentes para cada participante, folheando os capítulos e comentando os principais direitos relacionados a síntese feita anteriormente e as experiências trazidas pelas participantes.  



5 de fevereiro de 2020


Realizamos uma oficina sobre Direitos Humanos e Políticas Públicas para 13 jovens da Espro – Ensino Social Profissionalizante. Trabalhamos o conceito do tema a partir da visão dos participantes e suas experiências, muito se falou sobre a questão do transporte como uma demanda dos jovens estudantes e seu conhecimento sobre a política pública. O Brasil tem uma vivência democrática atribulada e com pouca maturidade. Analisamos, brevemente, a história do país para percebermos como o interesse público se confunde com o privado em um Estado tão patrimonialista. Compreendemos como a nova república e a Constituição Federal incidem para uma nova cultura política e a necessidade de uma nova prática pública frente aos desafios atuais do desenvolvimento social.
Apresentamos os tipos de política pública para que percebam que além das políticas sociais, considerem as econômicas, administrativas e setoriais também como importantes na observação. Existem diversas condicionantes para o sucesso das políticas, ressaltamos o plano orçamentário, o financiamento e o destino da aplicação como principais. Apontamos os planos plurianuais como sendo bons indicadores das intenções de gasto dos governos em exercício e das políticas públicas que implementarão. Logo após, exibimos o conceito do ciclo das políticas públicas, desde a elaboração, seu desenvolvimento e avaliação em seis passos.
O Estado tem compromissos, mas não sem a conexão do mercado e sociedade.
Concluímos a atividade destacando os atores sociais tendo um grande papel na superação dos desafios contemporâneos. Considerando a crise política e representativa dos anos recentes é urgente o exercício do direito da participação social e não apenas em períodos eletivos. A sociedade da informação ainda mostra suas consequências nas relações em coletivo e devemos buscar formar cidadãos em meio a essa arena global e territorial sempre na conquista do bem comum. 



YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

[email protected]

Seguidores