26 de julho de 2011

A Avesol vem por meio deste retificar informações referente ao Edital 007/2011





Projeto Brasil Local – Edital de Confecção de Pastas e Camisetas.

A AVESOL – Associação do Voluntariado e Solidariedade vem por meio deste, tornar público que fará a realização de cotação prévia de preços, tipo melhor preço, no âmbito do convênio nº 720.038/2009, junto com o Ministério Trabalho e Emprego – MTE, por intermédio da Economia Solidária – SENAES, objetivando a contratação de serviços de produtos de confecção para a produção de matérias de divulgação para o Projeto Brasil Local.

Acesse a correção do edital clicando sobre a imagem ao lado: 

 

Para acessar o edital clique sobre a imagem ao lado:            

15 de julho de 2011


Nos dias 08, 09 e 10 de julho realizou-se em Santa Maria a 7ª Feira de Economia Solidária e 18ª FEICOP - Feira Estadual do Cooperativismo onde a AVESOL esteve presente com a participação de 10 empreendimentos. 

Foram realizadas dezenas de oficinas, seminários, reuniões de redes, entidades e movimentos sociais; acampamento da juventude, caminhada pela paz, lançamento de vídeos, filmes, livros, apresentações culturais, atividades pautadas pela busca dos direitos humanos e da justiça social. No total, 800 empreendimentos estiveram presentes. 

Durante a feira, foi possível encontrar mais de 7 mil variedades de produtos da agricultura familiar, agroindústria familiar, sementes crioulas, artesanatos, produtos dos povos indígenas, livros e materiais gráficos de grande variedade e uma grande diversidade de produtos da economia solidária. A AVESOL disponibilizou um ônibus para acompanhar os grupos e a hospedagem na Casa de Retiro em Santa Maria durante a feira.


Apoiar iniciativas de grupos solidários, fomentar a economia popular e articular os empreendimentos, fortalecendo as redes solidárias são propostas de atuação da AVESOL desde 2002, em sua fundação. A CoopTechs é apoiado pela entidade desde 2010, e estamos contando com os serviços de informática, tanto assistência técnica quanto os cursos , no dia a dia da entidade.

Estão sendo oferecidos cursos de informática básica e intermediário aos participantes dos grupos que compõe as Redes Ideia, de alimentação, artesanato e reciclagem. Acreditamos que informatizando os grupos será possível fortalecer não só os grupos solidários como também a economia popular solidária como movimento e política pública, pois as informações serão acessadas e enviadas com maior facilidade e agilidade entre os empreendimentos e os demais espaços.

O site atual da AVESOL também está sendo alimentado pela CoopTechs, que por meio do Projeto Sustentabilidade e Autonomia: Tecendo Redes , em parceria com a Fundação Maurício Sirotsky, recebeu capacitação de web designer para ampliar o campo de atuação dos serviços prestados na área da informática. Sabemos que priorizando os grupos solidários estamos construindo uma economia diferenciada, baseada em princípios de autogestão e cooperação, rumo a transformação social.
 Avesol e Brasil Local: Comprometimento e Atitude (II Encontro Regional RS,SC,PR)

Entre os dias 06 e 08 de julho de 2011, em Santa Maria, no Centro Marista de Eventos, a AVESOL realizou o II Encontro Regional de Formação do Brasil Local, Projeto elaborado pela SENAES e MTE e executado pela Entidade na Região Sul do Brasil. Cerca de 60 pessoas entre Agentes, Articuladores, Assessoras e Coordenação, participaram do encontro que contou também com formadores ligados a UFRGS na condução dos trabalhos. Durante o evento que aconteceu concomitantemente com a 18° FEICOOP, o acúmulo do processo até aqui desenvolvido, os diagnósticos, e o planejamento para os próximos meses, seminários e oficinas, foram amplamente debatidos. 




Na opinião de Padre Rudimar, coordenador do Projeto, “o retorno dos diagnósticos levantados em cada município e o processo de formação que usou também a linguagem do teatro para contar a realidade de cada micro região, foi o ponto alto”. Para Cássio que faz parte da equipe técnica, “a reflexão política na troca entre a formadora Ana e os agentes, bem como a conjuntura sob o olhar da Cáritas no contexto histórico do Brasil Local, foi relevante no encontro”. Já para a Coordenadora da AVESOL, Daniela, “a possibilidade de recarregar as baterias e reafirmar a aliança entre a causa e o projeto”, foi emocionante. O Articulador da metade norte do RS, Mateus aponta como de suma importância “o compromisso, a coerência e atitude da equipe reafirmando suas convicções no trabalho realizado”. 

Durante os dias do Encontro houve vários momentos de descontração, com místicas, rodas de cirandas e confraternizações entre os Trabalhadores do BL e de outros Projetos.



O Irmão Miguel Orlandi, presidente da AVESOL, no seu pronunciamento enalteceu a perseverança de toda a Equipe do BL e AVESOL na condução dos trabalhos até aqui e sua confiança no futuro da Entidade, bem como no resultado final do projeto. 

A AVESOL e o Brasil Local estão em 56 municípios da Região Sul construindo uma nova proposta de mundo, cada vez mais solidário, cada vez mais humano, cada vez mais possível e certamente, através do trabalho de todas e todos, cada vez mais local.



(por Luiz Teixeira- luiz.teixera@avesol.org.br)

6 de julho de 2011



Nos dias 28 e 29 junho foi a realizado na Casa Marista da Juventude CAJU o encontro da rede de Reciclagem com a presença de grupos de Reciclagem de Porto Alegre, Região Metropolitana e interior do estado do Rio Grande do Sul. Nesses dois dias foram realizadas varias atividades ligadas ao tema da reciclagem.

Foi realizada pelos integrantes dos grupos de Reciclagem a leitura em conjunto da lei nº 12.305 de 2 agosto de 2010 que estabelece a Política Nacional de Resíduos Sólidos. A medida foi sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva por meio de decreto em 23/12, data em que entrou em vigor.

Pela nova regulamentação, fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes são responsáveis pelo ciclo de vida dos produtos. A lei também cria obrigações para os órgãos públicos de limpeza urbana e para os consumidores. Todos estão sujeitos a multas pelo não cumprimento da norma.

A nova lei obriga as indústrias e toda sua cadeia de fornecimento a gerenciar esses materiais, adotando medidas para a destinação correta e implementação de coletas seletivas para receber esses resíduos sólidos para reutilização ou reciclagem. Os consumidores também são obrigados a cumprir a nova lei, devolvendo seu lixo para a indústria por meio das coletas seletivas quando elas forem adotadas.

Entre as novidades na nova lei está a criação da “logística reversa”, que obriga os fabricantes, distribuidores e vendedores a recolher embalagens usadas. A medida vale para materiais agrotóxicos, pilhas, baterias, pneus, óleos lubrificantes, lâmpadas e eletroeletrônicos, mas a tendência é que se espalhe para os outros produtos compostos por vidros, plásticos papeis e outros materiais.

O que foi discutido pelos grupos é como a lei poderá alterar a maneira como eles se organizam no trabalho, como receberam o material destinado a reciclagem, e as parcerias poderão firmar com empresas e órgãos públicos. A pergunta que surgiu entre o grupo lá reunido é: Como eles se encaixaram nos canais de distribuição dos materiais da cadeia de logística reversa.

5 de julho de 2011

O que significa ser voluntário?

Significa doar uma parte do tempo utilizando seus conhecimentos e vivências para causas sociais. No entanto, o voluntário não se doa apenas, pois o trabalho voluntário gera realização pessoal, um bem estar interior proveniente do prazer de servir a quem precisa. A importância de sentir-se socialmente útil fundamenta, ainda, os laços de solidariedade e de humanidade promovendo assim a igualdade, a dignidade humana e a justiça social.
Nesse sentido, o Programa Ação Voluntária caracteriza-se pelas seguintes ações:
  •  Organização e acompanhamento de voluntários;
  •  Cadastro de Voluntários e de Instituições Sociais;
  • Seleção, Capacitação e Encaminhamento de Voluntários;
  • Formação na cultura da solidariedade e do Voluntariado;
  •  Encontros de Sensibilização e de formação em instituições e escolas;
  •  Preparação e Formação dos Voluntários;
  • Campanhas de solidariedade;
  •  Participação em campanhas solidárias para a defesa dos direitos humanos.
Áreas de atuação:
  • Educação Popular
  • Arte e Educação
  • Educação Ambiental
  • Geração de Renda
  • Direitos Humanos
  • Saúde Comunitária
Público Beneficiário:
  • Crianças
  • Adolescentes
  • Idosos
  • Moradores de rua
  • Comunidades de baixa renda
  • Portadores de necessidades especiais
Seja protagonista nessa transformação!!!
Cadastre-se!
A partir de 1º de julho de 2011, contamos com a colaboração de Tatiana Silveira na coordenação do Programa Ação Voluntária.

YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Categories

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

avesol@avesol.org.br

Seguidores