30 de julho de 2014


A Secretaria-Geral da Presidência da República convida para a Cerimônia de Sanção do Projeto de Lei que Institui Novo Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil e suas Relações de Parceria com o Estado, com a presença da Presidenta Dilma Rousseff, a realizar-se no dia 31 de julho de 2014, às 10h, no Salão Oeste do Palácio do Planalto – Brasília (DF).
O Novo Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil contribui de maneira relevante para o aperfeiçoamento das parcerias celebradas entre o Poder Público e as organizações da sociedade civil, com base na valorização e fortalecimento das organizações, na segurança jurídica e na transparência e controle sobre os recursos públicos.
A nova lei consolidará medidas importantes para a celebração de parcerias como: exigência de chamamento público obrigatório, três anos de existência e de experiência das entidades e ficha limpa, tanto para as organizações quanto para os seus dirigentes. Além disso, a norma prevê regras mais claras em relação ao planejamento prévio dos órgãos públicos, à seleção das entidades, à execução das despesas para atingir o objeto pactuado, ao monitoramento e à avaliação e ao sistema de prestação de contas. Com isso, as boas iniciativas de organizações da sociedade civil e as políticas públicas implementadas em parceria serão fortalecidas, reconhecendo que as OSCs são atores fundamentais para a consolidação da cidadania e da democracia no Brasil. Pela enorme relevância de sua participação nesta cerimônia que celebra uma importante conquista da sociedade brasileira, contamos com sua valiosa presença.

Solicitamos a gentileza de confirmar presença por meio do e-mail


cerimonial.sg@presidencia.gov.br ou pelo telefone (61) 3411-1635.
Na ultima semana um grupo cooperativado, composto por moradores do Loteamento Santa Terezinha, que em breve irá inaugurar um galpão de reciclagem, veio até o CRDH para conhecer acerca dos direitos humanos, e também, como poder estar somando no seu novo empreendimento os conhecimentos dos mesmos.

A oficina parte de um diálogo que visa compreender o que se entende por “direitos”, e o que se entende por “humanos”. Desta forma, conseguimos mapear as dificuldades no entendimento desses dois conceitos, afinal, eles perpassam a nossa visão de mundo o todo tempo. Os conceitos advêm da realidade, do quadro montado para entendê-la e conseguir limitar a sua capacidade explicativa, e não o contrário que se pensa que a realidade só existe através dos conceitos.   Por isso o CRDH buscou através desse diálogo fazer uma revisita na trajetória histórica dos direitos humanos, que vai desde a o inicio do século XX, mas que acabou sendo sancionado e formalizado só depois da segunda guerra mundial pela ONU onde ocorreram as maiores barbaridades e violações de direitos humanos. 
No dia 25 julho o Centro de Referência em Direitos Humanos – AVESOL participou da Formação de Educadores do Instituto de Educação Infantil Maria de Nazaré I e II, sendo convidados pela Coordenadora geral Eulina Antunes. A Educação Infantil, IEMAN I, localiza-se na Vila Nazaré e a IEMAM II localiza-se no Bairro Mario Quintana. Esta Entidade mantém convenio com a FASC e a SMED.
Trabalhamos os conceitos de Direitos Humanos, partindo da realidade que as Educadoras vivenciam em seu cotidiano.
Foi apresentado o vídeo “Vida Maria” que contribuiu para questionamentos sobre o trabalho infantil, realidade das famílias, a importância do estudo, entre outros...

A partir do debate emergiram posicionamentos em relação ao fazer profissional dos Educadores, assim como o entendimento necessária e os devidos encaminhamentos de Proteção da Criança e do Adolescente. 

24 de julho de 2014

A AVESOL e os grupos da REDE IDEIA participaram nos dias 17 a 20 de julho do Maior Evento de Economia Solidaria da America Latina em Santa Maria.
Os produtos expostos pelos grupos solidários eram de uma qualidade e um acabamento inigualável, com espírito de criar, apresentar e comercializar produtos diferenciados do mercado capitalista.
Nestas datas aconteceram oficinas de formação e espaços de debates com várias temáticas, entre elas citamos algumas como: viabilidade econômica e social, sustentabilidade e compromisso com o social. Como já havíamos dito em conjunto com os grupos que os debates seriam "do mundo para Santa Maria e de Santa Maria para o mundo". A Feira superou as expectativas sendo visitado por mais de 240.000 mil pessoas, mostrando que outra economia acontece.

A AVESOL e REDE IDEIA desejam uma boa luta a todos e todas que de alguma forma fizeram parte desse grande acontecimento, e continuam na luta pela transformação social! 

23 de julho de 2014

“Lembrar é Reagir! Esquecer é Permitir”.
Em 23 de julho de 1993 houve o Massacre da Candelária, uma chacina que comoveu todo o país onde as crianças foram mortas enquanto dormiam. Mostrou o despreparo da Polícia Militar com as diversidades apresentadas pelas crianças e adolescentes, como situação de rua, mendicância, abandono, entre outras. O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completava, então, três anos de existência, e se a nova lei - marco na defesa dos direitos da infância e da adolescência - ainda estava sendo devidamente assimilada e incorporada por organizações da sociedade civil, por educadores e agentes públicos. O fato alertou a sociedade da utopia entre o que era teoria e a prática do sistema da Garantias de Direitos.
Hoje fazem 21 anos, há de se fazer duas perguntas: 
1)      O que aprendemos com isso? 
2)      O que conseguimos mudar?
Aprendemos a não tolerarmos qualquer tipo de covardia, seja com crianças, adolescentes, jovens, mulheres, homens, idosos e qualquer ser humano independente de sua condição, convicção ou crença. Será?
Quando falamos sobre este assunto nos comovemos e nos solidarizamos com o sofrimento das mães, parentes e pessoas próximas. Pessoas estas que tiraram o assunto da invisibilidade e promoveram ações concretas para que essa “História”, não se tornasse uma prática de nossa sociedade.
Nosso papel   de promotores de   direitos humanos é levar informação e discutir junto as comunidades sobre extermínio de jovens, racismo, respeito e intolerância a qualquer forma de discriminação étnica, religiosa ou de orientação sexual.  

Sugestões de atividades:  

Oficina Popular de Teatro, do projeto Teatro Como Instrumento de Discussão Social da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz apresentando o exercício cênico "Os Sinos da Candelária". A apresentação será dia 23 de julho, às 20h30 na Terreira da Tribo (Rua Santos Dumont, 1186). Entrada Franca


Peça In-Visiveis, onde contracenam moradores de rua na sala 502 da Usina do Gasômetro (Espaço cuidado que Mancha )  às 19 h. A peça estreia no dia 26/07. O ingresso é um agasalho e $ no Chapéu. 

22 de julho de 2014


Aconteceu semana passada, segunda feira, dia 14/07, uma oficina em Direitos Humanos com os empreendimentos da Economia Solidária assessorados pela AVESOL. O encontro fez uma revisita a Declaração Universal dos Direitos Humanos com o objetivo de inserir no dia-dia das pessoas valores que possam estar relacionados a processos humanizados . 


O Centro de Referência em Direitos Humanos - AVESOL desenvolve atividades de formação buscando semear e multiplicar a cultura de direitos humanos , nas comunidades, nas famílias e nos espaços de democracia participativas como Conselhos consultivos, deliberativos e fóruns de discussão

18 de julho de 2014

Saiu ontem no final da tarde o grupo de empreendedores que irão participar da Feira Latino Americana de Economia Solidaria em Santa Maria. 

A AVESOL deseja toda a força e muita luz para esses lutadores!

A economia solidaria é uma alternativa aos modelos de mercado padrão, onde o que os define é a lógica do capital, que desumaniza as relações e fragiliza cada vez mais os vínculos das pessoas envolvidas, tornando-as mercadorias da mesma forma. Já a economia solidaria, busca transformar as relações mercadológicas em um sistema de troca mais justo e sustentável, valorizando os seres humanos e garantido a eles a sua dignidade plena enquanto empreendedores da sua própria fonte de renda.



Boa viagem galera!


15 de julho de 2014

A AVESOL – Associação do Voluntariado e da Solidariedade, há anos busca fortalecer os empreendimentos solidários, promover ideologicamente à autogestão, empoderar grupos para que possam desenvolver sua própria economia e gerar renda.  Desta maneira, configura-se uma maneira alternativa de economia, diferentemente do modelo capitalista de mercado e exploração de mão-de-obra.

Entretanto, essa postura institucional vai ao encontro de interesse muitos positivos do ponto de vista autogetionário dos grupos de Economia Solidaria. Com isso, manifestamos a nossa preocupação com a tramitação do projeto de lei (PL 4685/2012), que visa estabelece as definições, princípios, diretrizes, objetivos e composição da Política Nacional de Economia Solidária, criar o Sistema Nacional de Economia Solidária e qualificar os empreendimentos econômicos solidários como sujeitos de direito, com vistas a fomentar a economia solidária e assegurar o direito ao trabalho associado e cooperativado.

O projeto ainda precisa passar pela comissão de constituição e justiça (CCJ), mas um Deputado do PP/RS fez com que fosse aceito o seu requerimento para que o projeto de lei passasse pela bancada ruralista, e com isso, criar alguns obstáculos para desacelerar o andamento do processo na aprovação pela Câmara, e possivelmente vetar alguns pontos.

No entanto, os motivos pelos quais saímos na defesa desse projeto são pelo fato de que a vitória que pretendíamos comemorar, junto as mais de um milhão de pessoas que vivem e trabalham sob os princípios da Economia Solidária, está atualmente ameaçada por essa decisão.

Contudo, a AVESOL vem pedir o apoio a todos os parceiros para que possam estar fazendo um movimento que dê mais atenção para esse projeto e que consigamos comemorar essa vitoria juntos!

14 de julho de 2014

O Centro de Referência em Direitos Humanos – AVESOL reuniu - se na última quinta- feira, dia 10/07, com a Equipe da Gerência Social da Rede Marista para somar esforços e empreender novas parcerias. Esse encontro serviu para o estreitamento dos fluxos de trabalho junto às unidades sociais, viabilizando atividades de Direitos Humanos. Neste encontro ficou estabelecida a presença da Equipe do CRDH nas unidades sociais, a fim de propor atividades de Direitos Humanos para Educadores e Educandos.
O objetivo do CRDH – AVESOL é justamente estabelecer parcerias e fortalecer cada vez mais a rede de Direitos Humanos, compartilhando demandas e trocando informações.

                                                              

4 de julho de 2014

Café com Direitos - Centro de Referência em Direitos Humanos - Avesol

O nosso café com Direitos buscou tratar de questões que permeiam o nosso dia-dia e que até mesmo já estão incorporadas em nossos vocabulários e formas de tratamento. O racismo ainda continua sendo tratado como tabu no que diz respeito a forma ideal de como deve se referir a uma pessoa sem ser discriminatória.

O racismo normalmente é visto como uma prática superada do ponto de vista ético, jurídico e moral. Principalmente com a positivação de normas que criminalizam os preconceito racial e vedam práticas discriminatórias. Entretanto, o racismo não acaba com a mera edição de leis que o proíbam. 

O racismo ainda persiste nos dias de hoje em pequenas ações, palavras, comportamentos que aparentemente parecem inofensivos que, contudo, para muito além de uma aparente brincadeira, reforçam uma cultura altamente segregacionista, discriminatória e intolerante.

Superar o preconceito não é tarefa fácil. Porém, por meio do constante diálogo, debates permanentes e as formações continuadas em direitos humanos e cidadania é possível mudar este panorama de discriminação racial. Assim, se hoje temos um arcabouço legal, jurídico institucional preparado para fornecer respostas ao racismo, ainda nos falta o principal, isto é, uma cultura de tolerância e respeito a diversidade.  Sem dúvida, que mudar a cultura é uma tarefa árdua, dura e longa. É preciso começar. ​

YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Categories

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

avesol@avesol.org.br

Seguidores