30 de julho de 2015

A AVESOL  assessora 80 grupos de Economia Solidária, dentre eles, 60 são de artesanato e confecção. Os empreendimentos econômicos solidários integram a Rede Ideia - Cultivando o Amanhã e, em sua maioria, são constituídos por mulheres, que são responsáveis pelo sustento da família e encontram na economia solidária uma forma de desenvolvimento econômico e social.
Em 2013, foi estabelecida parceria entre AVESOL e Receita Federal do Brasil, com o objetivo de dar um novo destino aos produtos apreendidos (principalmente os produtos têxteis)  que não fosse a incineração ou o 'rolo compressor', direcionando aos empreendimentos da Rede Ideia os materiais já descaracterizados para a transformação em produtos artesanais.
A AVESOL tem o papel de interlocução entre Rede Ideia e Receita Federal, acompanhando diretamente o processo de descaracterização e entregas dos materiais. Essa parceria possibilitou uma redução para os grupo solidários nos gastos com os insumos necessários para produção de seus artesanatos, aumentando em 30% os ganhos.

Exemplos:

1. Camisetas não tributadas (apreendidas)
·         São descaracterizadas, retirando totalmente as logomarcas e etiquetas;
·         Os retalhos podem ser transformados em puxa-sacos, bolsas, fuxico, peso de porta entre outros.
2. CDs falsificados (piratas)
·         Passam pela raspagem total da identificação
·         São confeccionadas mandalas, bolsas, guirlandas, relógios.

Duas vezes por semana, os empreendimentos participam da descaracterização dos produtos na sede da Receita Federal do Brasil, com o acompanhamento de um assessor da AVESOL e com a supervisão da RF.     Os resíduos dos materiais são doados para AVESOL, que se responsabiliza pela distribuição aos grupos envolvidos no processo de descaracterização, gerando renda.
Essa parceria, possibilita aproximação entre Economia Solidária e órgãos federais,  beneficiando a sociedade em geral, pois diminui custos públicos e os prejuízos ao meio ambiente. Através dessa ideia fortalecemos os empreendimentos econômicos solidários, reduzindo o custo da produção. Na certeza de estar contribuindo para um mundo mais limpo, sem o uso de tratamento térmico para descaracterização destes materiais e gerando renda para quem precisa.


E como já afirmamos, outro tipo de economia acontece!!!           





Nos dias 21,22, 23 e 28 de Julho ocorreu a seleção para os novos Doutorzinhos e Doutorzinhas, totalizando 523 inscrições e 170 entrevistados.
Também nesse processo, os interessados em ser voluntários e voluntárias  poderão engajar-se as outras Organizações Sociais conveniadas ao Programa de Voluntariado da AVESOL.

Novos Doutorzinhos e Doutorzinhas:

Amanda Teixeira Ely
Ana Lucia Curi Aiub Borges
Ana Paula Vicari
Angel Francine Vaz de Souza
Camila Rocha Rodrigues
Caroline Luísa Quiles
Dafne Pavão Schattschneider
Danieli Ledur Kist
Eduardo Kutscher
Fernanda Nunes da Silva
Gabriela Pagnan
Gisele Machado Bloete
Guilherme Monteiro Rocha
Isabela Link da Silva Belló
Jessica Soveral Cabreira
Karin Hillmann
Lúcio Sulzbach Silva
Ludmila Latosinski Cardoso de Aguiar
Marcio Lacerda
Mariely Vendrusculo
Náthali Beneduzi da Silva
Neuri Juliano Moreira de Morais
Pedro Felipe Ourique de Souza
Rosa Maria Bittencourt Centeno
Tanara Astrid Emmer Brum
Thaiane Estauber
SUPLENTES :
Julieli Ferrari dos Santos
Renata Silveira da Costa
Marília Santos Neves
Marlana Alvares Borges
Adriana Zuleika Fischborn
André Luis Souza do Nascimento
Luiza Homem Medina
Patrícia Helena Baumhardt Dienstmann
Tomás Vergara Grabauska

Parabéns a todos e todas voluntári@s que participaram  deste processo conosco.
A opção pelo voluntariado é uma oportunidade para quem se importa consigo, com o outro e, sobretudo com a possibilidade de contribuir para a criação de uma sociedade mais justa e solidária!

Voluntariado: adote essa ideia!



16 de julho de 2015

ESPERANÇA POR TODAS AS PARTES NAS FALAS E NOS ROSTOS DE QUEM ALI ESTAVA UM ESPETÁCULO A PARTE, EM MEIO AOS MUITOS FANTASMAS QUE AINDA ASSOMBRAM MILHÕES DE TRABALHADORES POR TODO MUNDO.
Pensar de forma global e atuar de forma local tem sido nossa estratégia para enfrentar as perversidades do sistema capitalista, milhares de trabalhadores são submetidos a condições sub-humanas sem garantia de direitos esgotando sua capacidade criativa e de socialização fenômeno esse que tem privilegiado apenas uma classe social os que são favorecidos pelo grande capital especulativo. Temos nos colocados nesse debate como instrumento de organização popular seja no campo do voluntariado seja na busca incansável pela garantia de direitos através do Centro de Referencia de Direitos Humanos ou apostando na Economia Solidária como instrumento de resistência à exploração do trabalho.
Enquanto dirigentes do estado se reúnem para administrar suas muitas crises criadas e esconder escândalos já não tão fáceis de ser cobertos, mais de 800 EES dos 26 Estados e do distrito federal tiveram novamente a oportunidade de participar do maior encontro de EES do mundo, realizado nos dias 09, 10, 11 e 12 de julho 2015 na cidade de Santa Maria contou também com a presença de 17 países.  A Rede Ideia Cultivando o Amanhã foi a maior delegação do evento participamos com 40 e EES e 70 pessoas não nos mostramos grandes apenas em números, mas afirmando de forma concreta nossas ações e princípios solidários.
No Calor dos acontecimentos.
A Economia Solidária mais uma vez reafirmou ser de caráter internacional ao se solidarizar com o povo grego em sua abertura oficial, também não foram poucas as críticas a forma como o Governo vem construindo suas alianças cedendo às pressões dos partidos, independendo de sua matriz ideológica. Esse sentimento entre os participantes esteve presente em todas as falas o que nos demonstra que esse não foi mais uma edição, mas um marco para aqueles que apostam na economia solidaria como alternativa concreta contra o capitalismo esse foi o depoimento dos trabalhadores da ECOSOL que viajaram durante horas até o evento.
Quando seguimos em frente.
Somos ousados quando afirmamos que a resposta a este sistema já esta sendo construída e solidificada por milhares de trabalhadores que apostam no trabalho coletivo e coloca o cuidado a vida antes de interesses econômicos é com esse ânimo que os EES da Rede Ideia encontram disposição para organizar uma Rede Solidária capaz de articular ações entre os diferentes empreendimentos solidários buscando o bem comum seja através de compras coletivas seja no consumo consciente, ou seja, organizando formações que venham ao encontro das necessidades de atuação política da ECOSOL.
Agradecemos

A Rede Marista pela parceria e a tod@s EES que fazem parte da Rede Ideia Cultivando o Amanhã e aqueles companheiros que assim como nos acreditam na necessidade de humanizar as relações de trabalho e sabem que isso só será possível com o fim do capitalismo.




Veja mais fotos do evento na nossa sessão: Fotos.

Desde 1992 o dia 25 de julho é marcado como o Dia da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha.
A importância de afirmar essa data prescinde de outra justificativa que o cotidiano de agressão aos direitos desse grupo social.Um cotidiano que se insere em uma história de luta e resistência por parte desse setor.
 É com esse espírito e acreditando que a cultura é elemento fundamental na produção de alternativas, que divulgamos a tod@s para participar.


1 de julho de 2015

"Nós, que acreditamos em outro mundo possível, estamos construindo e queremos te convidar para Aula Pública com LEONARDO BOFF, com o tema EXPRESSÕES SOBRE DIREITOS HUMANOS: MAIS AMOR, MAIS DEMOCRACIA.

O objetivo é promover um grande debate político e de fundo sobre a nossa sociedade, de forma lúdica, divertida, animada e repleta de expressões culturais.

Sabemos que somos muitos, estamos em muitas frentes de lutas por mais direitos e pelo aprofundamento da democracia.

Construa você também uma nova cultura de direitos e de paz, onde não exista espaço para o ódio, a intolerância, preconceitos e opressões. Participe!

Quem somos: Academia de Samba Puro, Amencar, Anistia Internacional, APLPS, Avesol, Bloco da Diversidade, CAMP, Coletivo Cidade Mais Humana, CTB, CUT, FEDDH, Frente Ampla por Direitos e Liberdades, Levante Popular da Juventude, Movimento Fora da Ordem, Movimento Kizomba, ONG Outra Visão, MNDH-RS, MTD, (Movimento dos Trabalhadores por Direitos), PCdoB, JSPDT, MundoInvisivel.ORG, Programa Universo/UFRGS, PT, UBM, Unegro, Centro de Estudos Biblicos- CEBI/RS, Movimento de Fé e Política do Rio Grande do Sul, Coletivo Cais Maua de Todos, Fórum Estadual de Economia Solidária, Fórum Estadual de Reforma Urbana, Comunidade Eclesial de Base-CEBs, CMP, Marcha Mundial de Mulheres e Piratas, aberto a todas as organizações que quiserem aderir.

Valorosos mandatos que também estão construindo junto: Dep. Fed. Maria do Rosário, Dep. Est. Manuela D'avila, Dep. Est. Jéferson Fernandes, Dep. Est. Luiz Fernando Mainardi, Ver. Carlos Comasseto, Ver. Marcelo Sgarbossa, Ver. Alberto Kopittke, Ver. Sofia Cavedon e a Ver. Jussara Cony.


YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Categories

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

avesol@avesol.org.br

Seguidores