16 de julho de 2015

ESPERANÇA POR TODAS AS PARTES NAS FALAS E NOS ROSTOS DE QUEM ALI ESTAVA UM ESPETÁCULO A PARTE, EM MEIO AOS MUITOS FANTASMAS QUE AINDA ASSOMBRAM MILHÕES DE TRABALHADORES POR TODO MUNDO.
Pensar de forma global e atuar de forma local tem sido nossa estratégia para enfrentar as perversidades do sistema capitalista, milhares de trabalhadores são submetidos a condições sub-humanas sem garantia de direitos esgotando sua capacidade criativa e de socialização fenômeno esse que tem privilegiado apenas uma classe social os que são favorecidos pelo grande capital especulativo. Temos nos colocados nesse debate como instrumento de organização popular seja no campo do voluntariado seja na busca incansável pela garantia de direitos através do Centro de Referencia de Direitos Humanos ou apostando na Economia Solidária como instrumento de resistência à exploração do trabalho.
Enquanto dirigentes do estado se reúnem para administrar suas muitas crises criadas e esconder escândalos já não tão fáceis de ser cobertos, mais de 800 EES dos 26 Estados e do distrito federal tiveram novamente a oportunidade de participar do maior encontro de EES do mundo, realizado nos dias 09, 10, 11 e 12 de julho 2015 na cidade de Santa Maria contou também com a presença de 17 países.  A Rede Ideia Cultivando o Amanhã foi a maior delegação do evento participamos com 40 e EES e 70 pessoas não nos mostramos grandes apenas em números, mas afirmando de forma concreta nossas ações e princípios solidários.
No Calor dos acontecimentos.
A Economia Solidária mais uma vez reafirmou ser de caráter internacional ao se solidarizar com o povo grego em sua abertura oficial, também não foram poucas as críticas a forma como o Governo vem construindo suas alianças cedendo às pressões dos partidos, independendo de sua matriz ideológica. Esse sentimento entre os participantes esteve presente em todas as falas o que nos demonstra que esse não foi mais uma edição, mas um marco para aqueles que apostam na economia solidaria como alternativa concreta contra o capitalismo esse foi o depoimento dos trabalhadores da ECOSOL que viajaram durante horas até o evento.
Quando seguimos em frente.
Somos ousados quando afirmamos que a resposta a este sistema já esta sendo construída e solidificada por milhares de trabalhadores que apostam no trabalho coletivo e coloca o cuidado a vida antes de interesses econômicos é com esse ânimo que os EES da Rede Ideia encontram disposição para organizar uma Rede Solidária capaz de articular ações entre os diferentes empreendimentos solidários buscando o bem comum seja através de compras coletivas seja no consumo consciente, ou seja, organizando formações que venham ao encontro das necessidades de atuação política da ECOSOL.
Agradecemos

A Rede Marista pela parceria e a tod@s EES que fazem parte da Rede Ideia Cultivando o Amanhã e aqueles companheiros que assim como nos acreditam na necessidade de humanizar as relações de trabalho e sabem que isso só será possível com o fim do capitalismo.




Veja mais fotos do evento na nossa sessão: Fotos.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com expressões ofensivas serão excluídos.

YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

avesol@avesol.org.br

Seguidores