8 de junho de 2018


No dia 05 de junho de 2018, o Centro de Referência em Direitos Humanos - CRDH ministrou no ESPRO para 19 alunos do curso de Jovem Aprendiz uma oficina sobre Geração de Renda. apresentei a Avesol/CRDH e como funciona a Rede Ideia e seus empreendimentos. Foram abordados assuntos sobre e o mercado de trabalho formal, onde os jovens já estão acessando. Como podemos trabalhar com vínculo empregatício e para acrescentar a renda buscar alternativas no mercado informal por meios de outras atividades. O debate aconteceu sobre os variados tipos de trabalhos que tem virado o popular “bico”, mas que tem sido uma forma de renda para muitas famílias. Como o Uber, cuidador de idosos, diaristas, quituteiras, artesãos e por vai, pois, as pessoas têm buscado várias formas de se manter. Os jovens mostraram que tem muitos projetos, mas percebem alguns desafios, como um salário melhor, alguns já manifestaram interesse em ter seu próprio negócio. Nesta roda de conversa abordamos sobre alguns locais que nos dão informações e formações de como fazer para abrir seu negócio.
A Casa do Artesão é uma ação do Programa Gaúcho do Artesanato (PGA), que incentiva a profissionalização e fomenta a atividade artesanal com políticas de formação, qualificação e apoio a comercialização. O Programa é responsável pela emissão da Carteira de Artesão, que viabiliza a isenção de ICMS para a circulação de produtos, a emissão de notas fiscais e a exportação de produtos como pessoa física, além da participação de exposições e feiras para comercialização dos produtos. A segunda parte da oficina foi a confecção de pulseiras utilizando como técnica de trabalho o tear japonês- Kumihimo.
Distribuiu-se o material para todos os participantes onde cada um fez seu tear de E.V.A, depois receberam os cordões de seda e começaram a tramar os fios, requer atenção e concentração, logo em seguida finaliza a pulseira colando um terminal em cada ponta. Alguns demoraram um pouco para entender a técnica, mas depois concluíram o trabalho. O produto para ser comercializado precisa ser bonito ter um bom acabamento e de preferência um preço justo.
Na oficina de Tear os jovens avaliaram que foi boa atividade no sentido de estimular a criatividade, trabalhando a introspecção onde os alunos tiveram que se expor interagindo e trabalhando em equipe, alguns perceberam que não tem habilidades com as mãos, estimulo para empreendedorismo, como gerar renda com suas habilidades, e construtiva.




Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com expressões ofensivas serão excluídos.

YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Categories

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

avesol@avesol.org.br

Seguidores