21 de junho de 2018


O Centro de Referência em Direitos Humanos - AVESOL, realizou, por meio do Convênio 861471/2017- MDH, no dia 14 deste mês, uma oficina sobre os direitos da pessoa idosa para o Grupo de convivência de idosas do Centro Social Marista Santa Isabel - CEMASI.  
A atividade em roda de conversa possibilitou os depoimentos e testemunhos de vida das mulheres. Também as violações de direitos e dificuldade que ainda enfrentam por causa da idade. O assento reservado no ônibus que não é respeitado mesmo com a presença de idosos que tem que viajar em pé. O corpo da pessoa idosa não tem a mesma vivacidade de uma pessoa mais jovem, eles sentem o corpo mais pesado, seus movimentos têm que ser mais calculados e mais devagar, uma freada do motorista pode causar um desequilíbrio e consequentemente uma queda, que levará muito mais tempo para recuperação em comparação a uma pessoa mais jovem.     
Outro relato foram os maus tratos em casa, as humilhações e desprezo de filhos e netos como xingamentos que deixam marcas na alma e levam a doenças como depressão e baixa estima, situação que passam ou passaram algumas idosas do grupo. A apropriação indevida do benefício de aposentadoria, assim como os empréstimos consignados para ajudar parentes fazem com que os idosos fiquem com os rendimentos comprometidos e não sobre para gastos pessoais e alimentação adequada também foi relatada. Mas a convivência em grupo, as trocas de experiências, as atividades realizadas como artesanato, amenizam as dores, fortalecem a amizade e aumentam a autoestima para o enfrentamento das dificuldades do dia a dia. 
            O ano de 2018 é o Ano de Valorização e Defesa dos Direitos Humanos da pessoa idosa. O Estatuto do Idoso completa 15 anos e é destinado a regular os direitos às pessoas com mais de 60 anos. Conforme o Art.3º É obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária. As violações de direitos da pessoa idosa são consideradas crimes e podem levar a multa e detenção.
            No final da atividade, as idosas foram distribuídos exemplares do Estatuto do Idoso, elas foram orientadas a sempre pedir ajuda a uma pessoa de confiança ou denunciar quando se sentirem em ameaça ou tiverem seus direitos violados.Seja assegurar que o respeito ao assento no ônibus, o atendimento preferencial, a denúncia de maus tratos e violações de direitos , é dever de todos proteger, defender e buscar garantir os direitos humanos da pessoa idosa.




Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com expressões ofensivas serão excluídos.

YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Categories

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

avesol@avesol.org.br

Seguidores