1 de agosto de 2016

Na tarde do dia 28/07/2016, o CRDH AVESOL realizou atividade com adolescentes do Programa Adolescente Aprendiz  do MDCA - Movimento pelos Direitos de Crianças e Adolescentes abordando o tema Democracia e Direitos Humanos. Os (as) jovens entre 15 e 17 anos promoveram grande debate de forma criativa e lúdica acerca dos eixos propostos, tais como: educação, participação, comunidade, eleições, juventude e violência. Ao iniciarmos a atividade trouxemos para a discussão a importância do Protagonismo Juvenil enquanto concretização de cidadania e garantia de direitos. Neste sentido, as ocupações das escolas públicas no RS serviram como exemplo, enquanto fato político e histórico, expondo de que forma os (as) jovens vem se posicionando diante da retirada de direitos deste Estado mínimo, e que ao que tudo indica se dirige cada vez mais para um Estado de exceções. 
As vivências dos (as) jovens trazidas em suas falas, ao retratarem a triste realidade das comunidades em que vivem, seja pela falta de políticas e serviços públicos, violências, ou, pelas remoções de comunidades inteiras em prol de interesses imobiliários e econômicos, legitimaram a ausência do estado diante das juventudes, especialmente as mais vulneráveis. Feminismo, violência homofóbica, segurança pública, moradia, foram outros temas abordados por eles (as).
      Neste sentido, apontaram de forma propositiva importância da participação dos (as) jovens nas mais diferentes esferas públicas e comunitárias, enquanto parte fundamental para o exercício de uma democracia plena.
Para tanto, cabe à todos (as) nós enquanto poder público e sociedade civil, dar Voz à essa juventude que, ao contrário do que dizem ser " a geração dos dedinhos" conectados apenas as redes sociais, estão atentos (as) aos acontecimentos políticos do país e interessados (as) em participar ativamente dos processos que visem a transformação social do Brasil.
Desta forma, nós enquanto Defensores (as) dos Direitos Humanos, temos o dever e a obrigação de dar validade aos artigos previstos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei n° 8.069/1990 e contribuir para a efetivação deste protagonismo. 
          Para ilustrar a atividade desenvolvida neste dia, buscamos nosso mestre Paulo Freire para dizer que, " A  educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas transformam o mundo". E assim seguimos!




Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com expressões ofensivas serão excluídos.

YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

avesol@avesol.org.br

Seguidores