2 de setembro de 2014

 No dia 26 e 27 de agosto, em Porto Alegre, aconteceu o segundo encontro do ano da Rede de Catadores – Rede Ideia Cultivando o Amanhã, o encontro contou com a presença de 30 lideranças de catadoras e catadores do Estado entre eles representantes da Rede CATA POA e da Rede de Comercialização Solidaria das Missões.
Nosso encontro resgatou a memória de um dos principais lideres populares de nossa história, o seringueiro e Chico Mendes, que dedicou sua vida em defesa dos trabalhadores e pelas seringueiras nativas da floresta amazônica.
O encontro buscou aproximar as duas experiências que tem demonstrado sucesso em nosso estado para que possamos planejar novas ações em diferentes regiões ampliando as possibilidades de renda para os catadores.
Rede CATA POA: se organizou a partir das bases do MNCR em Porto Alegre e região metropolitana e surgiu como uma rede prestadora de serviço. A Rede foi responsável pelo gerenciamento de resíduos nos jogos da Copa do Mundo, hoje a rede fechou acordo com o Esporte Clube Internacional e tem prestado serviço em todos os jogos do clube.
Rede de Comercialização Solidária: AVESOL em parceria com a Aliança Empreendedora executou um projeto com os catadores prevendo a comercialização em rede, o que resultou em uma REDE DE COMERCIALIZAÇÃO SOLIDÁRIA na região das missões do Estado, com os municípios de Santo Ângelo, Ijuí e Giruá. A rede rendeu um valor de 50 centavos a mais no Kg do produto comercializado.
Tendo em vista que mais de 50% dos municípios Brasileiros estão em inconformidade com a Política Nacional de Resíduos Sólidos e que o numero aumenta ainda mais se considerarmos que os Planos Municipais não seguiram as orientações federais de construção coletiva e com inclusão dos catadores. Buscamos nos debruçar a compreender essas lacunas no segundo dia do encontro.
A AVESOL tem trabalhado nesses últimos dois anos de forma pedagógica com os catadores, com as etapas de construção e participação dos catadores na construção dos Planos de Gerenciamento de Resíduos, com a inclusão da coleta solidaria, como também, com os impactos socioambientais e econômicos gerados a partir do trabalho do catador. Lembramos que os municípios tiveram quatro anos para se adequar a construção de uma política inclusiva tendo possibilidade de financiamentos de créditos do governo federal e que mais da metade dos municípios no país ainda não o fizeram.
Em quanto isso os catadores e muitas entidades de apoio como a AVESOL seguiram apostando na organização em Rede como resposta concreta a superação das dificuldades individuais.

Muitas associações de catadores aceitaram o desafio e alteraram seu registro para cooperativa, ficando assim, em conformidade para prestar o serviço que envolve o destino do resíduo sólido, e agora queremos reconhecimento por esse esforço, queremos a garantia que o catador seja o principal agente executor de coleta solidária nos municípios.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com expressões ofensivas serão excluídos.

YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

avesol@avesol.org.br

Seguidores