24 de outubro de 2017

Nos dias 27/09 e 06/10 o Centro de Referência em Direitos Humanos - AVESOL realizou três oficinas sobre Direitos Humanos e Cidadania para mais de 100 jovens, entre 14 e 21 anos, participantes do Programa Jovem Aprendiz e Formação para o Mundo do Trabalho da entidade ESPRO - Ensino Social Profissionalizante.
O objetivo das oficinas foi promover a reflexão nos jovens sobre a importância do respeito aos Direitos Humanos para o exercício pleno da cidadania, bem como descontruir certas visões arraigadas no senso comum sobre o conceito de Direitos Humanos.
Assim, foi apresentada aos jovens uma breve linha do tempo sobre os Direitos Humanos e como hoje eles se relacionam e se materializam nos direitos civis, políticos e sociais conquistados ao longo da história. Debateu-se sobre os Direitos assegurados em nossa Constituição Federal e ainda, apontaram-se as principais legislações que asseguram estes direitos.
A cidadania é a expressão concreta do exercício da Democracia. Exercer a cidadania plena é ter direitos civis, políticos e sociais. Expressa a igualdade dos indivíduos perante a lei, pertencendo a uma sociedade organizada. É a qualidade do cidadão de poder exercer o conjunto de direitos e liberdades políticas, socioeconômicas de seu país, estando sujeito a deveres que lhe são impostos. Relaciona-se, portanto, com a participação consciente e responsável do indivíduo na sociedade, zelando para que seus direitos não sejam violados.
Houve grande participação dos jovens na atividade, os quais questionaram diversos aspectos sobre o conceito de direitos humanos e fizeram questões polêmicas relacionadas ao tema, como a tensão entre os direitos fundamentais à vida, ao julgamento justo e à liberdade religiosa versus práticas culturais/religiosas que relativizam tal conceito. Alguns jovens se posicionaram a favor de penas mais duras como a pena de morte em caso de estupro no Brasil e a intervenção militar. Foi possível perceber que a onda de intolerância crescente no Brasil tem atingido as juventudes e estão baseadas numa leitura superficial da realidade  juntamente com a falta de informações concretas e reflexão sobre os temas. É urgente trazer estes temas a luz dos Direitos Humanos e refletir com os jovens. Somente com informações consistentes sobre direitos e cidadania podemos debater com estes e provocar uma mudança de comportamento que de fato contribuirá para formação de cidadãos mais participativos e conscientes na sociedade além do protagonismo juvenil.
Por fim, inegável concluir que refletir com os jovens o conceito de Direitos Humanos, apresentando uma visão histórica, esclarecendo e instigando dúvidas, colabora, não só na garantia destes direitos, mas também, descontrói alguns mitos e sensos comuns muito propagados hoje em dia sobre o verdadeiro valor e alcance dos Direitos Humanos, promovendo relacionamentos mais saudáveis e contribuindo para a construção de uma sociedade mais tolerante e igualitária entre todos.



Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários com expressões ofensivas serão excluídos.

YouTube

YouTube
Assitir vídeos da AVESOL no canal de YouTube

Notícias arquivadas

Tecnologia do Blogger.

Como Chegar

Principais Contatos

51 3221 2318

avesol@avesol.org.br

Seguidores